,

,
VENHA DESFRUTAR DO QUE HÁ DE MELHOR EM LAZER DA SUA REGIÃO.

.

terça-feira, 7 de abril de 2015

SEM POLÍTICA E SEM FINS LUCRATIVOS: GRUPO DE MULHERES DE BACABAL ENTREGAM CESTAS BÁSICAS A FAMÍLIAS CARENTES.

Compartilhar no WhatsApp



O grupo de mulheres intitulado "Caçarolas" nasceu de um bate papo informal entre mulheres de conceitos e pensamentos. O grupo vem se reunindo e desenvolvendo trabalhos direcionados ao social. A primeira ação do grupo aconteceu no dia 08 de Março para homenagear as mulheres do Hospital Materno, e as feirantes do mercado da rodoviária. Na ocasião todas entregaram flores e doces recheados de muitos abraços e doses de felicidade.

As Caçarolas são contagiantes dinâmicas e atrevidas no quesito fazer acontecer! Tudo foi organizado e feito com muito amor e determinação.



O grupo é formado por professoras, empresárias, autônomas, assistente social, secretárias, enfermeiras, universitárias, advogadas, autônomas, mães, filhas e mulheres de visão alargada. O propósito é sensibilizar a sociedade a ter um olhar voltado para solidariedade.









Na Quinta Feira Santa (02) o Grupo de Mulheres Caçarolas Sem Tampa, distribuiu centenas de “cestas básicas” e chocolates para famílias carentes do nosso município.

A distribuição foi feita nos bairros Alto Bandeirantes, Presídio, Areal, Vila da Paz. Em cada entrega além das cestas e bombons de chocolates, as famílias beneficiadas foram agraciadas com muito carinho e atenção.
Ivan Delgado - Um dos colaboradores


Esta é apenas mais uma ação das muitas que foram realizadas pelo grupo em prol da população carente de Bacabal. Este grupo é formado por mulheres de várias áreas profissionais, e não tem nenhum vinculo com grupos políticos e nem fins lucrativos.




Todas as caçarolas estavam envolvidas na ação da páscoa buscando cestas por toda parte. Claro que há percalços e dificuldades, pois muitos se negam a doar. Mas o foco não muda de direção e nós não desistimos. A semana santa foi marcada por essas mulheres que querem fazer o seu papel dentro de uma sociedade fria, que trata os desfavorecidos como invisíveis.






Que isso seja multiplicado por muito tempo.