PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

terça-feira, 19 de maio de 2015

PARA PRESSIONAR EX, MULHER GRAVA VÍDEO NO QUAL TENTA SUFOCAR FILHA

Compartilhar no WhatsApp


Imagem mostra bebê sendo sufocada por alguns segundos com uma fralda.

Caso ganhou repercussão na cidade de Uruçuí, a 453 km de Teresina.
Bebê de seis meses chora após tentativa de sufocamento  (Foto: Polícia Civil/Divulgação)
Bebê de seis meses chora após tentativa de sufocamento (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

A Polícia Civil do Piauí está à procura de uma jovem de 18 anos suspeita de tentar sufocar a própria filha de seis meses usando uma fralda. Segundo o delegado Jarbas Lima, titular da Delegacia de Uruçuí, cidade ao Sul do estado, a mulher gravou a agressão e enviou o vídeo para o pai da menina, na tentativa de pressioná-lo a reatar o relacionamento.
Na gravação, é possível ver que uma pessoa pressiona uma fralda de pano contra o rosto da bebê por alguns segundos. A criança chega a pegar o braço da pessoa, como se quisesse se defender. Quando a fralda é retirada, a menina chora.
Revoltado, o pai da criança compartilhou o vídeo e ainda imagens de uma conversa que teve com a ex-mulher por meio do aplicativo WhatsApp. A polícia só tomou conhecimento do caso nesta segunda-feira (18), após a repercussão do material.


Jovem enviou mensagens ameaçando pai da criança (Foto: Polícia Civil/Divulgação)
Conversa entre os pais da criança

(Foto: Polícia Civil/Divulgação)

"O vídeo deixou toda a cidade apavorada. Ao receber as imagens, iniciamos diligências para capturá-la. Chegamos a ir no salão de beleza onde ela trabalhava, mas fomos informados de que a jovem tinha se mudado. Então, procuramos as suas amigas para pegar o seu contato e conseguimos falar com a suspeita", relatou o delegado.
Segundo ele, a mãe da criança confirmou ter feito o vídeo para atingir o ex, mas disse que tudo não passava de uma brincadeira. As imagens, segundo relato da jovem, foram feitas no domingo (17), no estado do Maranhão. Ao delegado, a jovem não revelou em que cidade estava e também não mostrou arrependimento.
"Perguntei se ela tinha noção da gravidade, mas a jovem alegou ter sido brincadeira. A mãe da criança também não quis revelar onde estava, mas temos a informação de que esteja na cidade de São Raimundo das Mangabeiras, no Maranhão. Como o vídeo foi gravado lá, acionei o delegado de Balsas, cidade próxima, para iniciar as buscas. Independente de ser brincadeira, o que ela fez é crime", disse o delegado.
Em um trecho da conversa que os pais da criança tiveram pelo WhatsApp, a jovem diz que a bebê a "atrapalha em tudo". Em resposta, o rapaz fala que a mãe vai pagar por todo mal que faz à filha.
Sobre o ex-namorado, a jovem informou que ele encontra-se no Pará e, após informar a identidade dele, a polícia descobriu que o rapaz já havia sido preso por duas vezes em Uruçuí e Balsas, por adulteração de chassi de veículos e receptação de produtos roubados. O pai da criança ainda não foi localizado pela polícia.
O delegado Jarbas afirma que a jovem pode responder por tentativa de homicídio e maus-tratos, além de perder a guarda da filha. Do G1

Veja o vídeo.