.

sábado, 22 de agosto de 2015

SAMPAIO BATE O VITÓRIA E ENTRA NO G-4 DA SÉRIE B DO BRASILEIRO


  • Tricolor venceu gol com de Diones e, com 34 pontos, se garantiu entre os líderes da competição



Diones fez o único gol da partida realizada no estádio Castelão


Diones fez o único gol da partida realizada no estádio Castelão (Foto: De Jesus / O Estado )



O Sampaio Corrêa fez valer o mando de campo e venceu o Vitória por 1 a 0, neste sábado, no Castelão. Com gol de Diones, o Tricolor comemorou mais três pontos e a manteve a invencibilidade jogando em casa. Já são dez partidas sem perder em São Luís, com oito vitórias e dois empates. De quebra, os maranhenses ainda entraram no G4 da Série B do Campeonato Brasileiro.
No próximo sábado, o Sampaio Corrêa visita o Macaé, às 16h30 (de Brasília), pensando em conseguir mais um resultado positivo para se manter entre os quatro melhores da competição.
O Vitória acumulou a quinta derrota na Série B e pode perder a liderança para o Botafogo, que joga neste domingo. Os baianos passam a focar no adversário da próxima terça-feira, o Oeste, às 19h (de Brasília), no Barradão.
O jogo – O Sampaio Corrêa começou a partida disposto a abrir o placar o mais rápido possível. Logo com dois minutos, Edgar recebeu a bola pelo lado direito, invadiu a área e chutou para defesa do goleiro Fernández. Logo depois, Wilian Simões cobrou falta para fora.
O Vitória equilibrou as ações, chegando pela direita com Jorge Wagner, David e Rhayner. O Rubro-Negro baiano pressionava a saída de bola dos maranhenses e incomodava os mandantes do jogo. Aos 13 minutos, Diego Renan cruzou da esquerda, a bola passou por Elton e saiu pela linha de fundo.
Apesar da insistência do Vitória, o Sampaio Corrêa era melhor na partida, anulando o melhor ataque da Série B. O Tricolor maranhense aproveitou uma falha da defesa rubro-negra para tirar o zero do placar. Aos 22, Pimentinha colocou a bola na cabeça de Diones, que não desperdiçou.
O Vitória ainda teve uma boa chance de empatar no primeiro tempo. Aos 42, o lateral esquerdo do Sampaio Corrêa, Wilian Simões, tentou dar um chapéu no campo de defesa e errou o drible. A bola sobrou para o experiente meia Jorge Wagner, que finalizou de longa distância. O goleiro Rodrigo Viana fez grande intervenção.
Segundo tempo - A segunda etapa começou com o Vitória indo para cima do Sampaio Corrêa para acabar com a desvantagem do time do Maranhão. O Rubro-Negro acelerava o jogo para forçar o erro dos jogadores de defesa do Tricolor. Logo com três minutos, Flávio tabelou com Elton, que rolou para Jorge Wagner chutar. Rodrigo, bem posicionado, impediu o gol de empate.
Depois de perder uma bola no ataque, o Sampaio Corrêa por pouco não levou o empate. Rhayner aproveitou o buraco deixado na zaga rubro-negra para finalizar com perigo. Mais uma vez Rodrigo salvou os maranhenses. O Sampaio apostava nos contra-ataques para surpreender o Vitória e ampliar o marcador. Edgar desperdiçou boa chance aos 12 minutos, errando passe para Léo Salino na tentativa de tabela em velocidade.
O Vitória continuava na pressão. Elton chutou por cima do gol após pegar sobra de um escanteio mal afastado pela zaga do Sampaio. Jorge Wagner cobrou falta venenosa para dentro da área, ninguém alcançou a bola e Rodrigo pulou no canto esquerdo para ficar com ela. Sempre nos contragolpes, o Sampaio tentava chegar ao segundo gol. Léo Salino acionou Diones, que tocou para Raí. O lateral esquerdo finalizou por cima da meta defendida por Roberto Fernández.
A pressão do Vitória, no entanto, não surtiu efeito e o time não conseguiu o empate. O Sampaio Corrêa soube se defender, evitou o gol dos baianos e saiu de campo comemorando os três pontos conquistados.
FICHA TÉCNICA
SAMPAIO CORRÊA-MA 1 X 0 VITÓRIA-BA

Local: Estádio Castelão, em São Luís (MA)
Data: 22 de agosto de 2015, sábado
Horário: 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Francisco de Paula dos Santos Silva Neto (RS)
Assistentes: Jesmar Benedito Miranda de Paula (GO) e Edson Antonio de Sousa (GO)

Cartões amarelos: Luiz Otávio (Sampaio Corrêa); Rhayner (Vitória)
GOL: SAMPAIO CORRÊA: Diones, aos 22 minutos do primeiro tempo
SAMPAIO CORRÊA: Rodrigo Viana; Daniel, Luiz Otávio, Plínio e Wilian Simões; Dê, Léo Salino e Diones; Pimentinha (Léo Rodrigues), Edgar (Raí) e Douglas Oliveira (Jheimy)
Técnico: Léo Condé

VITÓRIA: Roberto Fernández; Diego Renan, Kanu, Ramon e Euller; Marcelo Mattos (Vander), Flávio, Jorge Wagner (Pereira) e David (Robert); Rhayner e Elton
Técnico: Vagner Mancini
Do imirante