.

sábado, 21 de novembro de 2015

OPERAÇÃO “CHAPADA SEGURA” MANDA 9 TRAFICANTES PARA A CADEIA EM CHAPADINHA


IMG-20151121-WA0033

Uma operação desencadeada pela Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI) com apoio da Militar, aconteceu no município de Chapadinha, distante 246 quilômetros de São Luís. A operação denominada “Chapada Segura”, iniciou na madrugada desta sexta-feira (20), e continuou por toda a manhã, culminando na prisão de nove pessoas por suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas e roubos a motocicletas. Todos estão sendo ouvidos na regional.
O delegado regional de Chapadinha Jacqueson Ferreira dos Santos afirmou que a operação Chapada Segura visa garantir a segurança e inibir a criminalidade na região. A Polícia Civil e o 16º Batalhão da Polícia Militar, com o apoio do Tn Cel. Glauber Miranda, estão desde a madrugada realizando um trabalho contra as ações criminosas e por volta das 6h da manhã iniciaram o cumprimento das prisões preventivas decretadas e busca e apreensão, expedidos pela comarca de Chapadinha.
Operação Chapada Segura contra ações criminosas
(Foto: Nilson Figueiredo)
(Foto: Nilson Figueiredo)
O delegado regional informou que a operação já vem acontecendo há muitos dias, por meio de investigações e monitoramento. A polícia identificou, anteriormente, homicidas, traficantes, assaltantes e outros criminosos que oferecem riscos à comunidade. A Operação Chapada Segura contou, ainda, com a participação de policiais dos municípios de Tutóia, Buriti de Inácia Vaz e São Bernardo.

Prisões por busca e apreensões em Chapadinha

(Foto: Nilson Figueiredo)
                                                                 (Foto: Nilson Figueiredo)
O Superintendente de Polícia Civil do Interior, o delegado Dicival Gonçalves informou que foram presos José Alteredo Oliveira dos Santos, e a sua esposa Vanderlany dos Santos Dias de Oliveira. Eles foram autuados em flagrante delito pelos crimes de tráfico de entorpecentes e associação para o tráfico. Com o casal foi apreendido 72 (setenta e duas) petecas crack, R$ 328 reais, uma quantia em moedas e embalagens plásticas para acomodação das drogas. Foram presos também Ivan da Costa Rocha, vulgo “Ivan Cigano” e sua esposa Regiane dos Santos Reis Ferreira. Durante a ação, a esposa do Ivan da Costa, Regiane dos Santos, introduziu a substância nas partes íntimas e a polícia suspeita que tenha ingerido outra quantidade da droga. Regiane se sentiu mal e foi levada ao Hospital da cidade com sintomas de náusea e convulsões.
(Foto: Nilson Figueiredo)

Mais prisões
Outros presos foram Antônio da Costa Rocha, vulgo “Dario Cigano” e sua esposa Vonária Gomes da Silva. Com o grupo foram encontradas 08 trouxinhas de uma substância tipo maconha e uma porção com aproximadamente 30 gramas de droga tipo “crack”. Com José Evaldo Costa da Silva, vulgo “Valter Cigano” e sua esposa Luciana da Silva Santos foram apreendidas 20 cabeças de drogas, tipo “crack”, também escondidas nas partes íntimas da esposa do traficante. Todos foram autuados em flagrante delito pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.
Já com Matheus Maravilha Sales Pereira foi apreendida uma substância parecida com maconha prensada, pesando cerca de 200 gramas e mais uma substância não identificada tipo pó branco. Ao todo foram presas e autuadas em flagrante delito 09 (nove) pessoas. Além disso, mais quatro pessoas foram conduzidas e autuadas mediante TCO por crimes de menor potencial ofensivo.
Mauro Wagner / Ascom SSP