,

,
VENHA DESFRUTAR DO QUE HÁ DE MELHOR EM LAZER DA SUA REGIÃO.

.

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

TRIO QUE ASSALTOU AGÊNCIA DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL EM BACABAL SÃO INTEGRANTE DO PCC




Os suspeitos de assaltarem a Agência da Caixa Econômica em Bacabal foram presos pela policia civil dos estados do maranhão e pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado - GRECO na ultima segunda feira (9). Mas a prisão do trio que aconteceu em um aeroporto da capital piauiense e que também contou com o apoio da policia federal, só foi divulgada na tarde do dia seguinte.


Segundo a SEIC do maranhão, o procedimento se fez necessário. Já que um quarto criminoso acabou fugindo, e as policias tinham como objetivo prende – lo.

Gilson Cardoso dos Santos,  “GORDO” de 50 anos, Flavio Júnior Figueiredo,  “PEQUENO” de 27 anos, e Marcos Paulo Chini, vulgo “PAPAEL” de 43 anos, todos do estado de São Paulo, foram os indivíduos presos.

Flavio Júnior Figueiredo,  “PEQUENO” - Marcos Paulo Chini, vulgo “PAPAEL”  - Gilson Cardoso dos Santos, “GORDO” 
De acordo com a Polícia Federal, todos eles pertencem a Facção Paulista PCC (primeiro comando da capital), passando por sequestro, tráfico de drogas e roubo a banco.

Em depoimento os três disseram terem participado do assalto à Caixa Econômica em Bacabal. Também disseram que a cerca de um mês, eles estavam na cidade programando a ação criminosa, que segundo as policias, rendeu ao grupo criminoso cerca de um milhão e meio de reais.

No assalto da ultima sexta feira (7), pelo menos 5 criminosos  participaram, entre eles, uma pessoa da região de Bacabal teria dado apoio logístico ao banco. A PF afirma que toda a quadrilha que participou do assalto à Caixa Econômica já foi identificada, e não descartada a prisão de mais pessoas envolvidas, inclusive em Bacabal. De posse das imagens da ação criminosa, a Polícia Federal em conjunto com a polícia civil do maranhão e Piauí, deram uma rápida resposta ao assalto à caixa econômica.


O veiculo usado pelos bandidos e que acabou encontrado em chamas segundo a SEIC, foi comprado em Bacabal, caindo assim por terra a versão que ele teria sido roubado.



A única duvida com relação à prisão do trio criminoso, é onde eles ficaram presos, já que todos eles respondem por vários crimes nos estados de São Paulo e Minas Gerais. O próximo passo agora é recuperar o dinheiro roubado, que de acordo com a polícia, seria levado em um automóvel para o estado de São Paulo, onde financiaria novas ações da quadrilha.



Os suspeitos de assaltarem a Agência da Caixa Econômica em Bacabal acabaram presos por homens da policia civil dos estados do Maranhão e Piauí, na segunda feira (10). Mas, a prisão do trio criminoso que aconteceu em um aeroporto de Teresinha, só foi divulgada na Terça Feira (10).