.

domingo, 3 de julho de 2016

BACABAL REGISTROU TERCEIRO CRIME DE HOMICÍDIO EM APENAS UMA SEMANA




Segundo informações da família repassadas ao delegado, Netinho se encontrava em casa dormindo quando uma pessoa que os familiares não souberam informar o nome o chamou para sair, minutos depois escutaram só os tiros.

Ainda segundo o delegado, no local não foi encontrado nenhum vestígio das capsulas da arma de fogo, mas a Polícia Civil vai traçar as investigações.





Netinho foi morto por volta das 21 horas, de sábado (01), segundo informações, cerca de 6 tiros atingiram o mesmo.





Antônio Silva de Melo, 20 anos, o “Netinho”, tem várias passagens pela policia e uma extensa fixa criminal, por roubos e latrocínio,  além de ser suspeito de participar da morte da jovem Josserrose Cruz Monteiro, ocorrido na madrugada do dia 22 de junho de 2014, quando a mesma foi atingida com uma paulada na cabeça, no momento em que passava de moto em companhia de uma amiga Gilderlane da Conceição Duarte por um quebra-molas na BR 316, em frente à Igreja São Pedro, no Bairro Trizidela.

Ainda consciente, foi socorrida e, encaminhada ao Pronto Socorro Municipal, sendo transferida as pressas para o Hospital Geral de Presidente Dutra, aonde dias depois veio a falecer.


Através de informações de populares, 4 elementos foram identificados e acusados do crime. Deusivan Ribeiro de Sousa, 27 anos, vulgo “Cara de Ovo”, e Antônio Silva de Melo, 20 anos, o “Netinho”, José Richardson da Silva Nascimento, vulgo “Rixinha” na época ainda menor de idade e Denivaldo de Sousa Filho, o “Dênis Beiçola”.

"Rixinha" foi morto no bairro Trizidela em setembro do ano passado.

“Cara de Ovo” foi baleado com vários tiros que lhe atingiram as pernas à margem da BR 316, próximo à ponte do Rio Mearim, por um individuo que pilotava uma motocicleta.


Junho 2016

Três homicídios foram registrados em apenas uma semana na cidade de Bacabal, o que tem deixado a população assustada.


Segunda-feira (27)Wallison Jhonny Nascimento de Morais, de 24 anos, morador da Rua André Mota, bairro Alto Cururupu, foi alvejado no centro da cidade por aproximadamente 7 disparos de arma de fogo, por volta das 17h15, na rua Florêncio Monteiro, próximo a base do SAMU. Socorrido pelo e, encaminhado ao Hospital Geral de Peritoró, o mesmo não resistiu aos ferimentos veio a óbito na sala de cirurgia.

Já na Quinta-feira (30), Natanael Costa de Carvalho (foto), 27 anos de idade, foi assassinado do por volta das 20h30, com um tiro nas costas, na Rua 15 do bairro Vila São João. Mesmo atingindo, Natanael ainda teve forças para correr, mas cai já sem vida dentro de uma residência no bairro.

Até o momento nenhum dos crimes tiveram foi solucionando pela Polícia Civil, o que deixa ainda mais a população em pânico.