.

terça-feira, 5 de julho de 2016

POLICIA CIVIL AINDA NÃO TEM SUSPEITOS PARA MORTE DE ANTÔNIO SILVA DE MELO "NETINHO" EXECUTADO A TIROS NA TRIZIDELA.




A morte de Antônio Silva de Melo de 27 anos, muito pode haver com a vida pregressa dele, citado como autor de vários crimes como roubo, furto e tráfico de drogas, Netinho também foi citado como participe em um crime de latrocínio “Roubo seguido de morte", mas apesar de tantas ações imputadas a ele, Netinho estava gozando de liberdade e segundo relatos, em companhia de outros comparsas o jovem era tido como o terror do bairro Trizidela.

Na noite do crime, o jovem acabou saindo em companhia de um indivíduo ainda não identificado, minutos depois, tiros foram ouvidos, ali era o fim da linha para um criminoso que apesar de jovem tinha uma lista invejável a qualquer criminoso.Antônio Silva de Melo o “Netinho" aparece como sendo a décima vítima de crimes violentos contra à vida na Trizidela, bairro que hoje figura como um dos mais violentos da cidade.

A policia civil afirma que apesar do passado do jovem remeter a uma execução, chegar ao autor ou possíveis autores não será tão fácil assim, já que no bairro impera a lei do silêncio, onde os próprios moradores temorosos com essa onda de violência dizem; "Em boca fechada não entra mosca" Diante da omissão de muitos o delegado Alexandre Sermud afirma que chegar aos cometedores desse e, de outros casos semelhantes é, algo bem difícil.



Ainda segundo o delegado, para morte de Netinho vingança e até um possível acerto de contas seram as linhas inicialmente investigadas