PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

MESMO SENDO PRESO EM FLAGRANTE, RESPONSÁVEL POR TENTATIVA DE HOMICÍDIO OCORRIDA NO ÚLTIMO FINAL DE SEMANA EM BACABAL, ACABOU LIBERADO PELA POLÍCIA CIVIL

Compartilhar no WhatsApp



Só pra relembrar, o caso ocorreu na madrugada de sábado  (30) para domingo (31) no lixão de Bacabal, a vítima foi o catador de lixo André Luiz. O algoz, um homem que supostamente é foragido da justiça de Codó. De acordo com relatos de Tancredo Ferreira da Silva o ”Barrão" tudo teria se iniciado após o sumiço de sua documentação, ainda segundo o autor das facadas, à vítima junto com outro indivíduo, também catador de lixo foram os responsáveis pelo furto de seus documentos.


Chateado com a atitude dos colegas Tancredo Ferreira "o barrão" decidiu tomar satisfação com a vítima. Armado com uma faca "peixeira" após discutir com André Luiz, "barrão" o lesionou com um profundo golpe na região abdominal. Depois de cometer o crime, Tancredo Ferreira entregou-se ao vigia do lixão que acionou a PM para conduzi-lo ao distrito policial de Bacabal.


Com medo de uma nova tentativa, a vítima permaneceu caída em meio ao lixo e só gritou por socorro após a chegada da polícia militar. Levado ao pronto socorro de Bacabal André Luiz encontra-se em estado grave. Entretanto, Tancredo Ferreira da Silva o “Barrão" mesmo sendo preso em flagrante, depois de ser ouvido pela autoridade policial plantonista, acabou liberado.


Perguntado por tal decisão, o Delegado Regional Elson Ramos disse que seu colega apenas fez cumprir o que reza a lei e, mesmo estando em liberdade, nada impede que o autor da tentativa de homicídio volte a ser preso.

Leia também;

BRIGA NO LIXÃO DE BACABAL TERMINA COM UM CATADOR FERIDO A GOLPES DE FACA.