.

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

VÍDEO: MORADORA DO BAIRRO VILA DA PAZ TRANSFORMA UM DOS POUCOS CÔMODOS DE SUA CASA EM SALA DE AULA PARA TIRAR CRIANÇAS DA OCIOSIDADE E DO CAMINHO DAS DROGAS.




A história que iremos contar agora, fala de força de vontade, dedicação e principalmente contribuição para uma sociedade futura, justa e melhor, onde o respeito e a educação são os pilares de desenvolvimento e sustentação de um projeto que abraça crianças entre 04 e 12 anos. Meninos e meninas nascidos na periferia, às vezes discriminado até pelo poder público que acaba não abrangendo de forma necessária esses pequenos, esquecidos e abandonados, entretanto, quando a porta da oportunidade é fechada, os riscos aumentam e o submundo das drogas e da criminalidade esta sempre de portas abertas, e funciona como válvula de escape para falta de oportunidade.


No entanto essa mulher que tem no currículo escolar apenas a 2º série do ensino fundamental é, o exemplo que o “querer” significa fazer o diferente na vida das pessoas.



Um dos cômodos da casa de Antônia, na verdade a sala da casa dela, acabou sendo transformada em escolinha, as crianças que aqui são atendidas, na verdade estudam na rede pública de ensino, mas no tempo ocioso, elas tem a oportunidade de garantir aulas de reforço.

“Eu quero ser Bombeiro para poder salvar vidas” Disse Marcelo, um dos alunos da escolinha.


Na sala de aula improvisada tudo que existe, foi adquirido por meio de doações, esses livros já foram doados. Na falta de um local adequado, os livros ficam assim, amontoados, algo que de forma alguma, tira dessas crianças, a busca por conhecimento. Aos 6 anos, Valesca Cristina, tem a consciência que somente por meio dos estudos ela pode realizar o sonho de se tornar médica.





Dona Antônia Ribeiro é só mais uma bacabalense moradora do bairro Vila da Paz, que decidiu não esperar apenas pelo poder público, com tão pouco e morando em casa alugada, ela abriu um dos poucos espaços que dispunha para fazer algo. A iniciativa dessa mulher com tão pouco estudo, mas com muita disposição de ajudar  o próximo e contribuir para construção de uma sociedade melhor, é um exemplo a ser seguido.

Reportagem produzida pelos repórteres Nando sousa e Anselmo Sousa.