GOVERNO DO MARANHÃO

GOVERNO DO MARANHÃO

.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

APÓS SE APRESENTAR E PRESTAR DEPOIMENTO NA DELEGACIA, ACUSADA DE MATAR COMPANHEIRO A FACADA É PERSEGUIDA POR AMIGOS E PARENTES DA VÍTIMA.


Valdenizia Matos dos Santos encontrava-se escondida desde o dia (18) de fevereiro, data que foi acusado de tirar a vida do seu próprio companheiro Francisco das Chagas Matias Carvalho, conhecido como "Chico Mingau". O crime ocorreu na Rua Dom Bosco, no bairro Novo Bacabal, por volta das 21 horas de sábado (18).

Na tarde de quarta-feira (22), Valdenizia compareceu a Delegacia de Polícia Civil, acompanhada de seu advogado e prestou depoimento. Após ser ouvida, a mesma foi liberada e, ao sair da delegacia dentro de um táxi em direção a sua residência, amigos e parentes da vítima “Chico Mingau”  saíram em perseguição ao veículo onde se encontrava a acusada no intuito de agredi-la fisicamente.  



Há quem diga que ela saiu de dentro do veículo correndo e se homiziou dentro daquela casa de saúde, com medo de ser agredida. Mas há quem diga também, que, que a mesma foi fazer exames de corpo de delito, já que a mesma confessou ter matado o companheiro por legitima defesa.


Como medo de sofrer qualquer agressão ou apedrejamento, Valdenizia usou um capacete para se proteger.

Uma multidão se formou em frente ao Pronto Socorro. Segundo informações de amigo da vítima, todos os amigos e parentes estavam inconformados porque segundo ele, um vereador custeando todas as despesas de um advogado para defender a acusada.

Legitima defesa foi o que alegou Valzenizia em seu depoimento na delegacia. Como passou o flagrante e não havia nenhum pedido de prisão,  a mesma responderá o processo em liberdade.

Em tempo;
Segundo informações, Valdenizia é suspeita também de tentar contra a vida de seu ex-marido.