.

quinta-feira, 23 de março de 2017

VEREADOR CORONEL EGÍDIO FEZ TRÊS INDICAÇÕES NA SESSÃO DE ONTEM (22) DA CÂMARA MUNICIPAL: PROERD, POLICIAMENTO RURAL E DE TRÂNSITO

 
 

Na sessão da câmara municipal de Bacabal, realizada no dia de ontem (22), no plenário Jocimar Alves de Sousa, o vereador do PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro), coronel Egídio Amaral, aproveitou para apresentar a carta renúncia ao posto de 2º secretário da Mesa Diretora da casa e apresentou três indicações para apreciação, que foram a reimplantação do Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência), Policiamento Rural Comunitário e Policiamento de Transito, uma vez que a cidade de Bacabal, hoje tem uma frota de 50.000 mil veículos, que circulam diuturnamente no município. A fala do vereador Coronel Egídio foi transmitida ao vivo através das redes sociais e que teve a aceitação da maioria das pessoas que assistiram, conforme os comentários e curtidas deixadas pelos internautas.  Para o vereador, três indicações de suma importância para a segurança pública da sociedade bacabalense.
O policiamento Rural Comunitário foi implantado no ano de 2014, pelo então Tenente-coronel PM Egídio Augusto Amaral Soares, que à época comandava o 15º BPM. Uma modalidade de policiamento de grande importância para a região, tendo em vista que Bacabal possui uma extensa zona rural, equivalente a 30% (trinta por cento) da sua população, onde alguns povoados ficam desprovidos de segurança pública, devido a distância, o que contribuirá sobremaneira, para a redução da criminalidade, dada a presença ostensiva e proativa  da Polícia Militar nestes povoados,  coibindo atos ilícitos decorrentes da ausência do poder público, como  roubo de gado, tráfico de drogas, estelionato, homicídio, latrocínio, o roubo e o furto em geral.
Outra indicação foi com referencia também reimplantação do policiamento de trânsito, com base em dados do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), onde Bacabal figura com uma frota de aproximadamente, 50.000 (cinqüenta mil veículos), o que acarreta um trânsito caótico, principalmente, no centro da cidade, causado, ainda,  pela falta de sinalização pública e de Agentes de Trânsito, insuficientes para exercer tal fiscalização. Tudo isso somados a falta de estacionamentos adequados nas vias públicas, nas lojas, nas escolas, em especial na região central, ocasionado em virtude da formação de filas duplas, demarcação com cones em frente de algumas lojas e ainda, ao grande fluxo de veículos, carga e descarga de veículos de grande porte em horários aleatórios.
Uma das mais importantes foi a indicação para reestruturação do Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência) no município de Bacabal, uma vez que dados oficiais, mostraram que o consumo e o tráfico de drogas se alastram a passos largos na região, como também o aliciamento de menores  para o tal ato ilícito. Para tanto o projeto precisará do apoio do poder público municipal, através da secretaria de educação que ajudará na aquisição de livros didáticos e o fardamento adequado para os adolescentes.
O Proerd é realizado por todas as polícias do Brasil e é considerado o maior programa social em vigência em nosso Estado, pois o seu papel principal é evitar que a juventude participe de atos ilícitos na sociedade, onde os jovens participantes são multiplicadores de ações de cidadania.
O programa na cidade de Bacabal somente entra os anos de 2013 e 2014, formou 3.400 (três mil e quatrocentos) alunos sob a coordenação dos Cabos PM Valderi e Ivanildo e que agora contará com a coordenação geral do Tentene-coronel PM Eurico, comandante do 15º Batalhão da Polícia Militar da cidade de Bacabal, (com informações Blog do André Araújo)