PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

quarta-feira, 13 de junho de 2018

ASSISTA: CÂMERA FLAGRA VIGIA SENDO ESPANCADO POR ASSALTANTE NA AABB DE BACABAL

Compartilhar no WhatsApp


Nas imagens captadas pelo circuito de câmera da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB) de Bacabal, marcava 16h12min, quando o vigia da associação foi rendido por dois assaltantes e levado para dentro do clube sob ameaça de uma arma de fogo. Segundo a vítima, ele estava sentado como de costume na porta da associação, quando os dois apareceram do nada, vindo pela Rua Gonçalves Dias. "VÍDEO E REPORTAGEM" no final da matéria.

O crime aconteceu na tarde de segunda-feira, 11. A ação criminosa foi rápida, sendo que um dos assaltantes agiu de forma violenta contra o vigia, que recebeu chutes e pontapés.

Nas imagens dá para ver nitidamente toda ação. Logo ao adentrar no recinto, o assaltante de roupa azul, que segundo informações, é de uma distribuidora de bebidas, puxa o cordão do pescoço da vítima, em seguida começa a agressão. Enquanto isso, o outro assaltante vai direto para onde estava a outra vítima, que estava com o dinheiro de pagar a cervejaria, já que no dia anterior tinha acontecido uma festa no clube.  

De repente os dois aparecem na imagem, sendo que a terceira vítima é obrigada a deitar ao solo. Antes disso, o vigia que não quis se identificar, já tinha sido pisado e chutado no rosto.

O certo é que a dupla acabou levando cerca de 7 mil reais do local, somando o cordão de ouro, um celular, a quantia de aproximadamente R$ 3.000,00, que seria para pagar a distribuidora de bebidas e uma arma de fogo calibre 12.

“Eu nunca fui agredido nem pelo seus próprios pais, e vem uns vagabundos desses, agride agente no local de trabalho, e ainda chama de vagabundo”, disse o vigia bastante triste.

“Aquela cena não sai da minha cabeça. Eu que sou um pai de família, passar por um momento difícil daqueles. Eu só peço que a polícia faça justiça e pegue esses bandidos e coloque na cadeia”, desabafou ele.

Para a polícia e muitos internautas que tiveram acesso ao vídeo, o assalto mais parece como se diz no jargão popular, “uma parada dada”, ou seja, alguém avisou o que estava ocorrendo naquele momento no clube.

O SI (Serviço de Inteligência) das policiais militar e civil segue investigando o caso.

Reportagem completa produzida pelos repórteres André Luís e Ravely Vieira com a vítima.



Vídeo do Circuito de câmera.