,

,
VENHA DESFRUTAR DO QUE HÁ DE MELHOR EM LAZER DA SUA REGIÃO.

.

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

POLICIAIS MILITARES DO CPAM-3 PRENDE ACUSADOS DE ASSALTO, APREENDEM DUAS ARMAS DE FOGO NA BARREIRA DA ESTIVA E CAPTURAM FORAGIDO DA JUSTIÇA.



Mais uma arma de fogo é tirada de circulação por policiais militares do 21º BPM/Cpam-3. O fato mais uma vez ocorreu como parte da operação Malha Protetora. Por volta das 14horas, de hoje, 18, no Km-23 da Br-135 na barreira da Estiva.
  
Foi preso por porte ilegal de arma de fogo, Arias Penha Serra, 39, residente no povoado de Ilha Verde, Matinha. Em sua posse a PM encontrou um revolver, calibre. 38 mm, Rossi, com 05 (cinco) munições intactas. Arias foi apresentado no plantão do 12º DP.



Por volta das 09h10 do dia 28, policiais militares do 21º BPM/Cpam-3, como parte da Operação Malha Protetora, quando faziam abordagens no Km 2, Bairro Estiva, encontraram em posse de Alex da Silva, um revólver, calibre .38, Taurus, sem munição.
Alex foi conduzido ao distrito policial para as providencias que o caso requer.

Policiais Militares do Tático Móvel (GTM/1º BPM/Cpam-3) faziam rondas pelo Bairro Mauro Fecury II, quando avistaram no interior de um coletivo duas pessoas suspeitas. De imediato retornaram e resolveram fazer uma abordagem ao mesmo. No ato foram informados por passageiros que os dois suspeitos ao perceberem a presença da viatura teriam descido e seguido em direção a Mauro Fecury II.

Que começaram a diligenciar no sentido do localizar e revistar os acusados. Que conseguiram localizar a dupla e que na revista foram identificados como CSF, 16, residente no Anjo da Guarda e EPS, 17. Com os mesmos foram encontradas 02 (duas) facas, 01 (um) relógio e 01 (um) pulseira.

Após vários dias de investigação e centenas de denuncias de tráfico de drogas, o Grupo de Serviço Avançado (GSA/1º BPM/Cpam-3), prendeu na noite do dia 26, na praça das Mangueiras, Gapara, Wedson Marcos Pereira, conhecido como “Negão”. No momento em que foi abordado, Negão, ainda tentou empreender fuga, pulando um muro, sendo em seguida capturado.



Após pesquisa, foi constatado que em desfavor de Negão, existem dois mandados de prisão em aberto, um por homicídio e outro por tentativa.