segunda-feira, 20 de maio de 2019

O BACABALENSE PM KLEMERSON SEGUE COLECIONANDO MEDALHAS NO JIU-JITSU!

Compartilhar no WhatsApp

Salvador Fall International Open IBJJF Jiu-Jitsu Championship

Campeão Master Roxa com kimonovice- campeão absoluto no-gi-terceiro na categoria Master No-Gi e assim encerra minha participação no open internacional fall de Salvador , obrigado de coração.

Nos dias 18 e 19 de maio de 2019 (sábado e domingo), no Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras, Estrada do Coqueiro Grande, 127, Fazenda Grande 2, Salvador, Estado da Bahia, aconteceu o CAMPEONATO OPEN INTERNACIONAL FALL SALVADOR PELA CBJJ/IBJJF DE JIU-JITUSU, e representando a Equipe Gracie Barra do Estado do Maranhão, propriamente da cidade de Bacabal, lá esteve o jovem PM Klemerson, faixa roxa, que nos representou muito bem e conseguiu 3 (três) medalhas - ouro, prata e bronze - em categorias distintas, aumentando assim a sua coleção de vitórias e mostrando que no interior do Maranhão o Jiu-Jitsu é uma arte marcial levada a sério e com muita dedicação dos seus professores e atletas. 

Só para título de informação, a Equipe Gracie Barra de Bacabal tem como professor o Mestre Faixa Preta Edson Ferreira, que é responsável por uma academia em Bacabal que está sob a responsabilidade do Mestre Faixa PretaIvanilson Soares, que há 20 anos vem difundindo o Jiu-Jitsu no Maranhão. 

Mas não é só chegar lá e participar. Para se conseguir uma medalha dessa exigi-se muito treino, disciplina e dedicação e, por ser policial militar, Klemerson sabe muito bem o que é isso, e tem levado o Jiu-Jisu como uma das cousas importantes de sua vida.

LÍDER DE FACÇÃO PRESO EM VIANA SERIA ALVO DA CHACINA REGISTRADA EM BELÉM DO PARÁ.

Compartilhar no WhatsApp


Por: Silvan alves 
O integrante da facção Comando Vermelho Edson Ronny Muniz Franco da Silva, 30 anos, conhecido como "Mãozinha " seria um dos alvos da chacina ocorrida neste domingo, (19), em um  bar na Passagem do Jambu no Bairro Guamá em Belém, (PA). Ele fugiu para o Maranhão e foi preso por policiais militares neste final de semana na cidade de Viana,(MA). 

MATADOR DE POLICIAL 
Neste domingo homens armados invadiram um bar no Bairro do Guamá na grande Belém e executaram   onze pessoa com tiros na cabeça. A polícia investiga o crime e não descarta a possibilidade de que as mortes estejam relacionadas com os assassinatos de três policiais executados a tiros nos últimos dias naquela cidade. "Mãozinha" é apontado com um dos líderes do Comando Vermelho em Belém e seria responsável por assassinatos de policiais registrados naquela cidade. Contra ele haviam dois mandados de prisão decretados pela Justiça do Pará.  

O acusado foi localizado em um dormitório na cidade de Viana, depois que os policiais receberam denúncias anônimas. Ao ser preso ele tentou esconder a sua identidade usando o nome do irmão.  No entanto acabou sendo descoberto e confessou que era foragido da Justiça.  "Mãozinha",  disse que fugiu para o Maranhão e depois pretendia chegar ao Rio de Janeiro, cidade onde surgiu a facção que ele faz parte. 


A polícia acredita que ele esteja envolvido nos últimos assassinatos de policiais e em função disso teve que fugir porque vinha sendo procurado por integrantes da facção que queriam elimina-lo como queima de arquivo e também por grupos de extermínio. 

A Secretária de Segurança Pública do Estado do Pará já está providenciando a transferência de "Mãozinha" para que ele possa ser interrogado inclusive a cerca da chacina que ocorreu em Belém neste domingo.

IML IDENTIFICA VÍTIMAS DE CHACINA EM BELÉM; POLÍCIA INVESTIGA RELAÇÃO DO CRIME COM O TRÁFICO

Compartilhar no WhatsApp

Crime aconteceu por volta de 16h de domingo (19), no bairro do Guamá. Segundo testemunhas, sete homens chegaram no bar atirando.


Por G1 PA — Belém
A Polícia Civil do Pará investiga uma suposta relação entre a chacina em que 11 pessoas foram mortas dentro de um bar no bairro do Guamá, em Belém, no último domingo (19), com o tráfico de drogas. Segundo testemunhas, sete homens chegaram ao local atirando. O Instituto Médico Legal (IML) já identificou 9 das 11 vítimas. Uma pessoa ficou ferida e está sob proteção policial.
O crime aconteceu por volta das 16h. De acordo com as investigações, uma festa ocorria no local quando sete homens encapuzados chegaram em uma moto e três carros e dispararam contra as vítimas. Quase todas foram baleadas na cabeça.
Dos 11 mortos, seis são mulheres e cinco são homens. Entre os mortos está a dona do bar. Veja os nomes de nove das 11 vítimas da chacina no Guamá:



·                Maria Ivanilza Pinheiro Monteiro, de 52 anos, a dona do bar


·                Leandro Breno Tavares da Silva, de 21 anos




·                Márcio Rogério Silveira Assunção, de 37 anos
·                Sérgio dos Santos Oliveira, de 31 anos
·                Tereza Raquel da Silva Franco, de 33 anos

·                Samira Tavares Cavalcante, de 35 anos



·                Flávia Teles Farias da Silva, de 32 anos
·                Paulo Henrique Passos Ferreira, de 24 anos
·                Meire Helen Sousa Fonseca, de 35 anos


Um vídeo feito logo após o massacre mostra as vítimas baleadas e caídas pelo estabelecimento, que tinha autorização para funcionar. O corpo de uma mulher estava estirado em cima do balcão do bar, há pessoas jogadas no chão, encostadas nas paredes, um homem aparece caído em cima de uma mesa e outro em um sofá. Há sangue espalhado por todo o espaço.

A Divisão de Homicídios da Polícia Civil investiga o crime e realiza buscas aos criminosos. Ninguém foi preso até o início da manhã desta segunda-feira (20). Até o momento, cinco pessoas foram ouvidas.

Além da possível relação com o tráfico de drogas, a polícia também não descarta outras hipóteses para o crime, já que na semana passada três policiais militares foram assassinados em Belém.

Uma reunião da cúpula de segurança do Estado foi convocada pelo governador Helder Barbalho para tratar de medidas emergenciais depois da chacina. Em um vídeo publicado nas redes sociais, o governador diz que as ações de segurança pública não vão enfraquecer.
"Nós não vamos recuar. Se esta iniciativa, se esse sinistro ocorrido no bairro do Guamá é para intimidar as ações de segurança do Governo esqueçam, porque nós vamos continuar firmes e trabalhando para garantir o direito da população a ter paz e segurança com qualidade”, disse Helder.


A Polícia Civil já tem informações sobre os armamentos usados pelos criminosos durante a ação. Ainda não se sabe qual seria a motivação do crime, mas a polícia não descarta nenhuma linha de investigação. De acordo com a Segup, o policiamento com a presença da Força Nacional será reforçado no bairro do Guamá.

O Secretário de Segurança Pública, Uálame Machado, falou sobre uma possível relação dos crimes com milícias. “O inquérito foi instaurado ainda no domingo, ainda é recente para dar uma resposta final. A delegacia de homicídios é responsável pela investigação e várias linhas são investigadas todas elas com profundidade", revela.
O secretário disse ainda, que a Polícia Militar também instaurou um procedimento interno para apurar se houve envolvimento de policiais no caso. A Segup também investiga se houve a participação de presos na ação criminosa.

Bairro recebeu Força Nacional

O Guamá é o bairro mais populoso de Belém e um dos sete da região metropolitana da capital paraense que receberam, em março, a Força Nacional, devido aos elevados níveis de criminalidade. Ao todo, 274 agentes fazem o patrulhamento nesses locais, batizados de territórios de pacificação pelo governo estadual. Segundo a gestão Helder Barbalho (MDB), houve queda no número de mortes no primeiro mês de atuação.

SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL REALIZOU A IV CONFERÊNCIA DE SEGURANÇA ALIMENTAR DE BACABAL

Compartilhar no WhatsApp

Assecom Bacabal - Por intermédio da secretaria de Assistência Social a Prefeitura de Bacabal promoveu nesta sexta-feira, 17, no auditório do Centro de Convivência Social (CCS), a IV Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional. Com o tema central: Brasil e o mapa da fome: Estratégias de superação da insegurança alimentar no Município e no Maranhão –, os debates foram conduzidos por Maria da Conceição de Almeida, atual presidente do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea) do Maranhão.

Maria Dalvanir, presidente do Conselho de Segurança Alimentar de Bacabal fez a declaração de abertura oficial da Conferência destacando a importância do debate no combate à insegurança alimentar do Município e no Estado.

O Agricultor João da Conceição disse que é de extrema importância participar da Conferência, tendo em vista “a necessidade de existir uma parceria forte entre as entidades representativas e os próprios agricultores para o benefício dos produtores rurais”.


Representado a Câmara municipal, o vereador Serafim Reis parabenizou a atual gestão pelo interesse de promover os meios para se discutir com amplitude o estabelecimento e fortalecimento de incentivo à produção alimentícia na cidade de Bacabal.

Em seu discurso a secretária de Assistência Social Ivaneide Brandão disse: “Essa Conferência é muito importante! Nosso Município só tem a crescer com essa Conferência, onde iremos trabalhar o mapa da fome, além de discutir e sugerir ideias e propostas para melhoria de programas de segurança alimentar e nutricional.”

Representando o prefeito Edvan Brandão, a vice-prefeita Graciete Lisboa fez referência ao interesse e dinamismo do chefe do Executivo em apoiar e acreditar no trabalho desenvolvido pelo Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional. “Digo a todos que vocês terão o nosso apoio porque Edvan Brandão quer ver sim uma alimentação de qualidade porque depende de nós e estamos aqui juntos para fortalecer esse momento nesta grande conferência”, pontuou Graciete.



O evento também foi marcado por momentos culturais através de apresentações da Banda Santa Cecília e da Orquestra Filarmônica Madre Rosa. Outro momento importante, foi o de posse da Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional (CAISAN) que elegeu como presidente a secretária de Assistência Social, Ivaneide Brandão; Secretário Executivo: Inaldo Nascimento, atual secretário de Agricultura municipal e como membros: Marcos Ferreira, secretário municipal de Educação e Luís Gonzaga de Carvalho Neto, secretário municipal de Saúde.

Após o ato de posse, foram apresentadas ao público as ações que já estão sendo executadas no Município em cumprimento ao regimento interno da IV Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional.

BOM JARDIM - MPMA VOLTA A PEDIR AFASTAMENTO DE PREFEITO

Compartilhar no WhatsApp

A Promotoria de Justiça de Bom Jardim protocolou, no último dia 9, um Agravo de Instrumento contra a decisão da Vara da Comarca de Bom Jardim que negou o afastamento do cargo do prefeito Francisco Alves de Araújo. O afastamento foi pedido em 13 de março deste ano, com base em uma Ação Civil Pública (ACP) por improbidade administrativa proposta em novembro de 2018.

No documento, distribuído à 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça e que tem como relator o desembargador Cleones Carvalho Cunha, o promotor de justiça Fábio Santos de Oliveira ressalta que “a permanência de Francisco de Araújo no cargo de prefeito prejudicará gravemente, não só a instrução processual, mas o erário e, principalmente, a vida da população bonjardinense, podendo inclusive, causar, direta ou indiretamente, a morte de cidadãos pela ausência /ineficiência de prestação de serviços públicos necessários para o regular andamento da rotina municipal”.

ENTENDA O CASO

A Promotoria de Justiça de Bom Jardim ajuizou, em 28 de novembro de 2018, Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa contra o prefeito do município, Francisco Alves de Araújo, e outras cinco pessoas, entre as quais servidores públicos e um empresário, devido a irregularidades cometidas num processo licitatório para aluguel de veículos.

O procedimento licitatório, oriundo do pregão 020/2017, tratava da locação de veículos para a Prefeitura de Bom Jardim no valor de R$ 1.026.618,32. Saiu vencedora do processo a empresa RL de FARIAS EPP, de propriedade de Roberto Lima de Farias. Tanto a empresa como o seu proprietário são acionados pelo Ministério Público.

Também figuram como réus Neudivan de Jesus Silva, conhecida como “Roberta”, secretária de gabinete do prefeito de Bom Jardim; Ayrton Alves de Araújo, secretário de Administração e Finanças da Prefeitura de Bom Jardim; Rossini Davemport Tavares Júnior, presidente da Comissão Permanente de Licitação (CPL) e pregoeiro; e João Batista Mello Filho, pregoeiro substituto.

Um parecer da Assessoria Técnica da Procuradoria Geral de Justiça apontou uma série de irregularidades na licitação. Entre as ilegalidades observadas, destacam-se a restrição ao caráter competitivo da licitação, uma vez que não foram fixados no edital os locais, horários e formas de acesso para comunicação a distância aos interessados em esclarecer dúvidas sobre o processo; o edital impôs também que o acesso ao edital só poderia ocorrer na sede da Prefeitura de Bom Jardim; não houve publicação do resumo do edital na internet e nem do resultado do pregão, conforme preconiza o Decreto Federal nº 3.555/2000.

Além disso, a CPL da Prefeitura de Bom Jardim desclassificou as empresas Projex Construções e Locações, Marcopolo Empreendimentos e Serviços e B.A. Construções Empreendimentos e Serviços sem especificar as razões na ata de sessão do pregão.

Para o Ministério Público, a empresa vencedora do certame – RL de FARIAS EPP – deveria ter sido inabilitada, o que tornaria a licitação fracassada, uma vez que a mesma não cumpriu o disposto no item 11.1.4.b do edital, o qual dispunha que a licitante deveria apresentar Certificados de Registro de Licenciamento de Veículos (CRLV) referentes a, no mínimo, 40% dos veículos a serem alugados pela Prefeitura, os quais deveriam estar em nome da empresa.

Na ação, o promotor de justiça Fábio Santos de Oliveira observou que, mesmo ciente das ilegalidades, o prefeito de Bom Jardim celebrou o contrato com a empresa RL FARIAS, em 2 de junho de 2017.

Nas investigações, o MPMA constatou, ainda, que alguns proprietários de veículos sublocados pela vencedora da licitação foram obrigados a transferir a titularidade desses bens para a RL FARIAS, sem receber qualquer valor pela transação. “O objetivo dessa ilegal simulação era possibilitar que a empresa-ré, mesmo que de forma extemporânea, atingisse o índice de 40% dos veículos locados para a Prefeitura, cláusula abusiva inserida no edital”, afirmou o promotor.

Para o membro do Ministério Público, a licitação foi de fachada. “Utilizada pelo prefeito para tentar dar legalidade ao desvio de recursos públicos por intermédio de supostas locações de veículos, realizadas diretamente por funcionários da Prefeitura”, acrescentou.

AFASTAMENTO

Após a proposição da ACP, a Promotoria teve acesso a novas informações, como a de que três veículos adesivados com a logomarca da atual gestão de Bom Jardim estariam abandonados em um posto de combustíveis em Santa Inês, em março de 2019. Os veículos haviam sido adquiridos em setembro e outubro de 2018 mas só foram entregues um dia depois do promotor de justiça Fábio Santos de Oliveira visitar o local em que os dois carros de passeio e uma ambulância estavam guardados.

“Enquanto tais veículos permaneciam sem serem entregues ao Município de Bom Jardim, o atual prefeito, em vez de exigir o imediato cumprimento da obrigação da empresa contratada, preferiu continuar com os contratos de locação de veículos em Bom Jardim, pertencentes a seus aliados políticos”, observou Fábio de Oliveira.

O promotor de justiça apontou, também, que o contrato com a empresa R.L. de Farias EPP, alvo da Ação Civil Pública de 2018, tinha vigência de junho a dezembro de 2017. Os depoimentos, notas fiscais e comprovantes de pagamento, no entanto, demonstram que “houve uma ilegal prorrogação automática do referido contrato para o ano de 2018”.

O Ministério Público do Maranhão também verificou que os veículos pelos quais o Município de Bom Jardim pagou R$ 178 mil não eram, de fato, zero km. Os três veículos foram adquiridos, inicialmente, pela empresa F V da Silva Eireli que os repassou, após quatro meses, à R V da Silva Eireli, contratada pela Prefeitura. A segunda empresa ainda levou cerca de um mês para transferir os automóveis para o Município. A ambulância adquirida, por exemplo, foi entregue com 1.900 km rodados.

“Será que alguém em sã consciência pagaria o valor de novo a um veículo com cinco meses de uso, sendo o terceiro proprietário?”, questionou o promotor de justiça autor da Ação.

Diante de tais fatos, o prefeito Francisco de Araújo não apresentou resposta às diversas requisições feitas pelo Ministério Público. A situação se repete desde a proposição da ACP inicial, quando foram solicitadas várias informações sem que houvesse retorno da gestão municipal. Para o promotor Fábio de Oliveira, “isso demonstra a nítida intenção do prefeito de obstaculizar a instrução processual”, o que justificaria o seu afastamento do cargo, conforme prevê o artigo 20 da lei n° 8.429/92.
MPMA

SANTA LUZIA/MA: INDICIADOS PELA MORTE DO JOVEM ARTHUR SEGUEM FORAGIDOS; AJUDE A LOCALIZÁ-LOS

Compartilhar no WhatsApp


Foi assassinado em Santa Luzia – MA, a pauladas na madrugada do dia (02/03/2019) o jovem universitário Arthur Geanderso dos Santos Silva de 23 anos. 

Arthur foi atingido por pauladas na cabeça quando tentava socorrer seu irmão Aírton Santos Silva que estaria envolvido em uma briga. Duas pessoas foram indiciadas pelo assassinato do jovem, Robismar Moreira da Silva conhecido como Robson e Ambraim Sousa Lima conhecido como Ibraim.

Os acusados se evadiram do local no momento do crime e até hoje não se sabe onde os mesmos se encontram. A polícia divulgou foto dos procurados na sua rede social Instargram, mas até o momento não foram localizados.

Ajude a Polícia fazendo uma denuncia anônima para o número (98)98276-8181. Lembre-se que uma família chora a perda de um ente querido enquanto os seus executores seguem sem pagar perante as leis deste país.

Você também pode entrar em contato com os familiares de Arthur através dos contatos: (98)98522-5224 e (98)98757-7744.

sábado, 18 de maio de 2019

COMEÇA NESTA SEGUNDA - FEIRA (20), O SALDÃO DAS MÃES NOROESTE. TRÊS DIAS DE GRANDES OFERTAS.

Compartilhar no WhatsApp


Bacabal — Ainda não presenteou sua Mãe? Fique tranquilo! A Loja Noroeste vai realizar três dias de grandes ofertas com o SALDÃO DAS MÃES NOROESTE. Nesta segunda, terça e quarta toda loja vai está com preços baixíssimos em todos os setores da loja.

Três dias de grandes para você presentear sua Mãezinha com produtos de qualidade e preço que cabem em seu bolso. Então, não perca mais esta oportunidade!

Começa nesta segunda-feira 20, e vai até quarta-feira 23, o SALDÃO DAS MÃES NOROESTE.


Noroeste — as lojas que vendem moda.

sexta-feira, 17 de maio de 2019

ASSISTA: HOMEM COM PERFURAÇÃO A FACA NO ABDÔMEN É SOCORRIDO PELO SAMU.

Compartilhar no WhatsApp

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), foi acionada por populares na noite de quinta-feira (16), para prestar socorro a um homem que estava na calçada na Rua Padre Carvalho,  no centro de Bacabal, aparentando ter sofrido uma tentativa de homicídio, já que no abdômen do mesmo havia uma lesão que possivelmente teria sido provocado por uma faca.
Após os primeiros atendimentos ele foi encaminhado ao Hospital Geral, a polícia Militar esteve no local da ocorrência, mas o nome da vítima não foi divulgado.



Segundo informações de populares, a vítima vinha correndo sentido rodoviária, mas não resistiu e caiu.


A guarnição da PM acompanhou a remoção da vítima até o hospital, para colher informações do ocorrido.

Reportagem de Rayana Bruna e César Almeida.

POLÍCIA CIVIL REALIZA OPERAÇÃO NA CIDADE DE BOM JESUS DAS SELVAS, PRENDE EM FLAGRANTE DOIS TRAFICANTES E UM CASAL SUSPEITO DE ABUSAR SEXUALMENTE DA PRÓPRIA FILHA.

Compartilhar no WhatsApp

A Polícia Civil do Estado do Maranhão, por intermédio da 9ª Delegacia Regional de Açailândia e Delegacia de Bom Jesus das Selvas, realizou na quinta-feira (16), a Operação Libertação na cidade de Bom Jesus das Selvas com a finalidade de reprimir o tráfico de drogas e a atuação de pedófilos na mencionada cidade. Na oportunidade, foram levantados quatro alvos relacionados à prática do tráfico de drogas, sendo que em dois deles foram encontrados drogas, armas e dinheiro.


1º ALVO – Residência de Francisco Irinaldo dos Santos de Almeida, conhecido como “Babá”. Neste primeiro alvo foi encontrada uma arma de fogo tipo espingarda, várias pedras de crack, balança de precisão e considerável quantia em dinheiro. Francisco Irinaldo é conhecido na cidade de Bom Jesus das Selvas como um dos principais traficantes da área e atuava na mercancia de droga há bastante tempo.

2º ALVO – Residência de Luzineide Silva Miranda, conhecida como Neide. Neste alvo foram apreendidos 02 (duas) pedras de crack, a quantia de R$ 974,00 (novecentos e setenta e quatro reais) em espécie, aparelhos celulares, uma motocicleta POP e R$ 99,00 (noventa e nove reais) em moedas. Neide também é conhecida na cidade pela prática frequente do tráfico de drogas e já foi presa anteriormente pelo mesmo crime.

3º e 4º ALVOS – Nada foi localizado.

5º ALVO – O último alvo consistiu em uma busca realizada na residência de Cristiano Alves Vieira (fiscal da secretaria de meio ambiente da cidade) e de sua companheira Fernanda da Silva de Oliveira, no intuito de localizar material contendo cenas de sexo explícito envolvendo crianças e adolescentes armazenados em mídias como pen-drives, celulares e outros. Inicialmente, por meio de denúncia anônima, chegou ao conhecimento deste delegado regional o informe de que Cristiano Alves Vieira, abusava sexualmente de sua própria filha e armazenavas tais materiais, oportunidade em que representou pela busca e apreensão na residência para confirmar as informações. 


No momento das buscas, foram encontrados na residência diversos pen-drives contendo cenas de sexo com crianças e adolescentes, bem como foram apreendidos celulares, um notebook e uma pequena porção de maconha. Registre-se, ainda, que no quarto da filha do casal foram encontrados diversos preservativos e que o lençol da cama da criança continha algumas marcas de sangue, razão pela qual determinou-se a apreensão do lençol e o encaminhamento para o ICRIM a fim de confirmar se o sangue seria da criança. Registre-se, também, que no momento das buscas estava presente somente a senhora Fernanda Silva de Oliveira, sendo que Cristiano foi localizado logo depois em uma residência de outra pessoa.

Consigne-se, ainda, que a criança, acompanhada de equipe do Conselho Tutelar e da avó materna, relatou para a autoridade policial que a sua mãe já teria lhe mostrado um pênis e que o seu pai já chegou a passar a mão por seu corpo de modo inapropriado, sendo que em algumas perguntas quedou-se inerte e preferiu silenciar. Por fim, Fernanda foi autuada pela prática do crime previsto no ART. 241-B DO ECA e Cristiano pelos crimes previstos no art. 217-A do CP, art. 241-B do ECA e art. 28 da Lei 11343/06.

ASSISTA: POLÍCIA CIVIL E POLÍCIA MILITAR PRENDEM A VOVÓ DO TRÁFICO EM BACABAL

Compartilhar no WhatsApp


Em operação conjunta das polícias civil e militar, foram cumpridos mandados de busca e apreensão domiciliar na manhã de hoje, sexta-feira (17), no bairro Trizidela em Bacabal, onde quatro pessoas foram conduzidas e foram apreendidos dentre outros, drogas como maconha, crack e uma substancia embranquecida que ainda será periciada.

Foi autuada em flagrante delito por tráfico de drogas, Ivanilde Oliveira da Silva, 70 anos de idade, a vovó do tráfico, visto que foi encontrado em sua residência uma grande quantidade de maconha.



Ivanilde Oliveira da Silva, 70 anos de idade, a vovó do tráfico foi levada ao hospital pra ser realizado o exame de corpo de delito e, em seguida seria encaminhada para a audiência de custódia para que o Juiz decida se ela continuará presa e responderá em liberdade.

Assista a reportagem:



Vale ressaltar, que a operação deu inicio na tarde de quinta-feira (17), também no bairro Trizidela, na Rua dos Prazeres, onde foram cumpridos  (03) mandados de busca e apreensão concedidos pela 1ª vara criminal da cidade, tendo como objetivo aprender armas e drogas.

A ação foi comandada por Carlos Renato, Delegado da 16ª Delegacia de Polícia desta cidade,  que contou o apoio da Polícia Militar.  Na ocasião foram encontradas arma e droga "uma espingarda, um revólver calibre .38, com 06 (seis) munições intactas e cerca de 19 cabeças de crack", na residência de Rosilene da Silva Santos, de 43 anos de idade, que acabou sendo presa e encaminhada a Delegacia Regional de Bacabal.

As equipes da TV Mearim (André Luís e Felipe Carlos) e da TV Difusora (Romário Alves) acompanharam o caso.