segunda-feira, 15 de julho de 2019

POLÍCIA CIVIL, ATRAVÉS DA SENARC, EFETUA PRISÃO DE FORAGIDA DE JUSTIÇA EM SÃO LUÍS, MA.

Compartilhar no WhatsApp


A Polícia Civil do Maranhão realizou, na manhã desta segunda-feira (15), no Bairro Jordoa, município de São Luís/MA, a prisão da nacional Rosangela Andrea Carvalho, conhecida como Rosinha do Pó, tendo em vista que consta contra ela mandado de prisão em decorrência de sentença penal condenatória pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, oriundo do Tribunal de Justiça do Maranhão.

No ano de 2010, Rosângela foi presa com cerca de 35 quilos da droga conhecida como “crack” e, em decorrência desse fato, foi condenada a 11 anos de reclusão em regime fechado, que resultou na expedição do competente mandado de prisão.

Após os trabalhos, a presa foi prontamente encaminhada ao Sistema Prisional, onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

sexta-feira, 12 de julho de 2019

PM DE LAGO DA PEDRA EVITA ASSALTO AOS CORREIOS E PRENDE DUPLA DE ASSALTANTES.

Compartilhar no WhatsApp
A operação contou a participação efetiva da ROMU (Guarda Municipal), que foi quem recolheu as armas dos elementos. 

A ROMU tem desempenhado um excelente trabalho em parceria com as policiais Civil e Militar sempre que é acionada. 



Por volta das 11h30min desta terça-feira (12),  policiais da 5° CIA de Lago da Pedra - MA, forma informados via central de rádio que havia um assalto em andamento ocorrendo na agência dos correios na Rua Humberto de Campos, S/N no centro de Lago da Pedra.

Ao chegar no local a guarnição se deparou com um dos assaltantes na frente da agência sendo o mesmo abordado de imediato, momento em que foram encontradas duas armas na cintura do mesmo.

Ao ser indagado quanto a localização dos demais comparsas o conduzido informou que havia  apenas mais um indivíduo no interior da agência.

Com o cerco formado e após a chegada da segunda guarnição policial, o segundo assaltante tomou o colete de um dos vigilantes colocando-o junto ao corpo.




Após o completo isolamento do local foi iniciado o processo de negociação, momento em que o bandido liberou os clientes tomados de reféns, permanecendo somente os funcionários e vigilantes.

Passados aproximadamente 10 minutos do início da crise e percebendo o completo cerco policial, o conduzido pediu garantia de que sairia com vida daquela situação.

Com a confirmação do pleito solicitado, o acusado abraçou-se aos vigilantes e os três vagarosamente saíram do interior da agência. Neste momento o acusado jogou ao solo dois revólveres de que tinha posse e deitou-se juntamente com os reféns.

Os materiais foram encaminhados via B.O. e os conduzidos Matheus de Jesus Furtado Serrão e Antônio Mateus da Silva Santos, foram apresentados ilesos na DP pra lavratura do auto de prisão em flagrante.

Quatro armas foram apreendidas com a dupla sendo: 01 revólver cal 38 (05 tiros), 01 revólver cal 38 , 01 revólver cal 38, 01 revólver cal 32 e 19 munições.

Também foram encontrados com eles:  09 Celulares, R$ 8.260,00 (oito mil e duzentos e cinquenta reais) dentro da mochila de um dos conduzidos  e a quantia de R$ 453,00 (quatrocentos e cinquenta e três reais) porta cédula de um dos acusados.
Eles conduziam uma motocicleta Honda/Pop 110, cor preta, sem placa e chassi raspado.

Guarnições: VTR Cope  -  VTR auxiliar - GCM ROMU

quinta-feira, 11 de julho de 2019

ARMAS E MUNIÇÕES SÃO APRENDIDAS NA OPERAÇÃO JAGUNÇO REALIZADA PELAS POLÍCIAS CIVIL E MILITAR EM CAROLINA

Compartilhar no WhatsApp


Polícias Civil e Militar de Carolina/MA, juntaram-se à Polícia Civil de Goiatins/TO, e realizaram nesta quinta-feira (11), a Operação JAGUNÇO, prendendo em flagrante Antonio da Anunciação, Jorge dos Santos Rodrigues, Maria de Jesus dos Santos Rodrigues, Irinelton Andrade da Silva, Jovenilson da Silva Torres e o menor de iniciais J. S. A., no Povoado Helenópolis, situado na zona rural de Carolina/MA, pelo crime de comércio ilegal de armas de fogo.

As equipes de inteligência policial da Polícia Civil levantaram que em vários pontos do referido povoado havia o comércio ilegal de armas de fogo, gerenciados pelos conduzidos. A investigação mostrou ainda que o comércio de armas de fogo e munições realizava-se entre as cidades circunvizinhas de Goiatins, Campos Lindos/TO e Carolina/MA.



De posse das informações e certeza do estado flagrancial, as forças policiais se dirigiram até o referido povoado e capturaram os autores, nos respectivos pontos de venda, bem como foi apreendido com o grupo o equivalente a um arsenal: 25 armas de fogo, dezenas de caixas de munições de diversos calibres, pólvora e chumbo para recarga de cartuchos e espoletas.

Os presos serão conduzidos para a Delegacia de Carolina, onde serão autuados pelo crime de Comércio Ilegal de Arma de Fogo (Lei 10.826/03). Esta foi a maior apreensão de armas de fogo do município de Carolina/MA.

POLÍCIA CIVIL PRENDE RESPONSÁVEL POR EXPLOSÕES DE AGÊNCIAS BANCÁRIAS NOS ESTADOS DO GOIÁS, PARÁ E MARANHÃO

Compartilhar no WhatsApp


A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais - SEIC (Departamento de Combate ao Roubo a Instituições Financeiras - DCRIF), deu cumprimento a um mandado de prisão preventiva, expedido pela comarca de Aparecida de Goiânia-GO, em desfavor do nacional Valdenir Coelho Granja, vulgo TG, um dos integrantes da associação criminosa responsável por explosões em agências do bancárias e terminais de autoatendimento nos estados do Goiás, Pará e Maranhão.

A prisão ocorreu, na tarde de quarta-feira (10), em um condomínio, bairro Forquilha, na cidade de São Luís-MA, onde Valdenir estava residindo há alguns meses. Na ocasião, ele também foi preso em flagrante pela posse de uma pistola calibre 380, com numeração suprimida e uso de documentos falsos.

Após intenso trabalho investigativo deste Departamento, foi possível identificar o suspeito Valdenir, como um dos participantes na explosão do Banco do Bradesco na cidade de Penalva - MA ocorrido na madrugada do dia 08.06.2019. Ocasião em que os criminosos destruíram a referida agência utilizando-se de artefatos explosivos.

As investigações continuam com o intuito de identificar, localizar e prender os demais integrantes da associação criminosa.

Após os procedimentos legais, o preso foi encaminhado para o Complexo Penitenciário, onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

ACUSADO DE ASSALTO A FARMÁCIA EM COROATÁ É PRESO E ENCAMINHADO A UPR

Compartilhar no WhatsApp

A Polícia Civil do Estado do Maranhão, por intermédio do 1º DP de Coroatá, prendeu na noite de ontem (9), na Rua 13 de Maio, bairro União, neste município, por volta das 19h00min o nacional Rodrigo Santos da Silva, vulgo “Feião”, este foi flagranteado pelo crime tipificado no Art. 157, parágrafo 2º, II, paragrafo 2º-A, I do CPB C/C o Art. 244-B do ECA.

Tal ocorrência se deu na Farmácia Santa Clara, localizada na Rua Nova, Centro (próximo ao Comercial Santos).

O preso foi encaminhado para a Unidade Prisional de Coroatá/MA onde ficará à disposição da Justiça

OPERAÇÃO "ESTORNO DE AZAR" PRENDE EM VIANA ACUSADA DE ESTELIONATO

Compartilhar no WhatsApp



A polícia civil do Maranhão, através da 6° delegacia regional de Viana, sob o comando do Delegado Regional David Nolêto, deu cumprimento a mandado de prisão expedido em desfavor de Luana Sousa Lopes, acusada de aplicar golpes à uma casa lotérica do município de Viana/MA (estelionato).

Entenda como funciona o golpe aplicado nas casas lotéricas:
O cliente comparece à agência e paga a conta com a respectiva emissão do comprovante de pagamento. Após o pagamento, o funcionário da lotérica estorna e valor pago, despreza o comprovante de estorno e fica com o dinheiro para si ou paga contas pessoais, de modo que o cliente sai da casa lotérica com o comprovante de pagamento, porém sem a devida quitação do débito em questão.

O golpe iniciou no decorrer do mês de janeiro e de forma continuada e reiterada se repetiu até o mês de abril.

A representada, após ser presa, assumiu a prática criminosa afirmando que sequer sabe a quantidade de golpes por ela aplicados.

A POLÍCIA CIVIL DO MARANHÃO REALIZOU O CUMPRIMENTO DE 04 MANDADOS DE PRISÃO NA CIDADE DE BREJO, MA

Compartilhar no WhatsApp


A Polícia Civil do Maranhão por intermédio da Superintendência de Polícia Civil do Interior, realizou, no dia de hoje, a captura e o cumprimento de quatro mandados de prisão preventiva na cidade de Brejo/MA, foram presos na ocasião os nacionais: 1. Erimar de Sousa Benicio, por suspeita da prática de estupro de vulnerável; 2. Werbeth Bastos de Jesus por suspeita de prática de crime de Roubo e Furto; 3. Icivaldo Gomes Feitosa por suspeita de prática do crime de estupro, 4. Francivaldo de Brito Sousa, por suspeita de prática do crime de lesão corporal no âmbito da lei Maria da Penha.

Após os procedimentos legais os presos acima foram encaminhados ao Presídio da cidade de Chapadinha e ficaram a disposição do Poder Judiciário.

POLÍCIA CIVIL PRENDE PADRASTO ACUSADO DE MATAR ENTEADA DE UM ANO E DEZ MESES DE IDADE, EM TURILÂNDIA, MA

Compartilhar no WhatsApp


No dia ontem, 09/07/2019, por volta das 21h00, a adolescente N.E.R., de 16 anos de idade, e seu companheiro Ernildo Sousa Silva, de 18 anos de idade, compareceram ao Hospital de Turilândia/MA, com o corpo da criança Kethelyn Rodrigues, de 1 ano e 10 meses de idade, filha dela e enteada dele.
Segundo o casal, a criança teria caído de uma rede e batido a cabeça no chão. Entretanto, o médico plantonista constatou que o corpo da criança apresentava marcas, no pescoço, compatíveis com sinais de esganadura, ocasião em que acionou o conselho tutelar e a polícia militar, sendo o casal conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Santa Helena/MA, por volta das 22h30, para prestar os devidos esclarecimentos.

Ao tomar conhecimento do caso, o Delegado Regional de Pinheiro, Dr. Oséias Cavalcanti, determinou que o corpo da criança fosse encaminhado, imediatamente, para o Instituto Médico Legal de São Luís, para que fosse realizado o exame cadavérico pelo médico legista competente.

Ainda durante a madrugada, um investigador de polícia civil se dirigiu ao IML, em uma ambulância municipal, com o corpo da criança, o qual foi submetido a exame necroscópico, tendo o respectivo laudo pericial atestado como causa da morte a asfixia por esganadura.

Inicialmente, o casal negou, veementemente, a prática de qualquer ato de execução do homicídio da criança, mas, diante das fortes e inequívocas evidências, o padrasto da criança acabou por confessar o crime, durante seu interrogatório, na Delegacia Regional de Pinheiro.

Segundo o autor do crime, ele resolveu ceifar a vida da criança, apertando o pescoço dela com as mãos, enquanto ela dormia na rede, porque não gosta do pai dela e tem ciúmes da sua companheira, mãe da criança.

Segundo a mãe da criança, no dia de ontem, por volta das 12h00, uma amiga sua falou que a criança parecia muito com o pai dela. Ouvindo isso, Ernildo não gostou e disse que a mãe da criança não deveria ficar falando do seu ex-namorado, ocasião em que se travou breve discussão, e, após alguns minutos, ela foi para a casa da mãe dela, que fica nas proximidades de sua residência, no Povoado Bacabeira, em Turilândia.
Por volta das 13h, a mãe da criança retornou para a sua casa e acreditou que ela estava dormindo, na rede. Por volta das 17h30, a adolescente estranhou o fato de a criança estar dormindo muito e, ao se dirigir até ela, encontrou-a, suspirando, ainda com vida, ocasião em que Ernildo alegou que a criança havia caído da rede, razão pela qual possuía algumas escoriações visíveis.
O casal, então, levou a criança para o Hospital de Turilândia, onde ela já chegou sem vida.

Ernildo Sousa Silva, padrasto da criança, foi autuado em flagrante delito, pelo cometimento do crime de feminicídio qualificado pelo motivo fútil, pelo emprego de asfixia e pela impossibilidade de defesa da vítima, podendo pegar até 30 anos de reclusão.

Após a lavratura do procedimento, o autor do crime foi conduzido para o Presídio Regional de Pinheiro, onde permanecerá, à disposição da Justiça.

A mãe da criança prestou depoimento e foi liberada, visto que, preliminarmente, a autoridade policial competente não vislumbrou nenhuma participação dela no cometimento do crime. Entretanto, as investigações continuam, no sentido de esclarecer os fatos em toda a sua extensão.

HOMEM É PRESO PELA PRÁTICA DE CRIME DE ESTUPRO DE VULNERÁVEL EM CURURUPU

Compartilhar no WhatsApp


Na manhã de quarta-feria (10), a Polícia Civil do Maranhão, por meio da 21ª Delegacia Regional de Cururupu-MA e 1º Distrito Policial, cumpriu mandado de prisão preventiva em desfavor de Antônio Almeida Araújo, 43 anos, pela prática do crime de estupro de vulnerável na forma tentada.

Segundo relatos da adolescente D.R.S., de 13 anos, no início de abril deste ano, durante um ensaio de quadrilha, o autor a teria atraído para um terreno baldio, onde tentou praticar atos libidinosos com a vítima. Ademais, a vítima também informou que em agosto de 2018, o autor também teria tentado tirar sua roupa à força, fato que somente comunicou para à sua mãe e, posteriormente, para a polícia, após a segunda ocorrência.

ACUSADA DE TRÁFICO É PRESA EM LAGO DA PEDRA, MA

Compartilhar no WhatsApp


A Polícia Civil do Estado do Maranhão, através da Delegacia de Polícia Civil do Município de Lago da Pedra/MA, prendeu em flagrante delito Maria Edineide dos Santos Alves pela prática da infração prevista no art. 33, caput, da Lei nº 11.343/06 .

Foram recebidas informações de que Edineide teria trocado um aparelho celular roubado por drogas, então a equipe da Polícia Civil da cidade de Lago da Pedra empreendeu diligências e conseguiu recuperar o aparelho celular roubado, bem como localizar no interior do imóvel de Edineide 17 (dezessete) pedras de uma substância similar à crack, 03 (três) porções de substância semelhante à maconha e a quantia de R$ 397,00 (trezentos e noventa e sete reais).

A conduzida foi interrogada pelo Delegado de Polícia Civil do referido Município e confessou a prática criminosa.