terça-feira, 18 de novembro de 2014

Sem aterro sanitário, lixo se acumula nas ruas de Bacabal, MA





Lixo se acumular às margens de rodovia na entrada de Bacabal, MA (Foto: Reprodução / TV Mirante)
Lixo se acumular às margens de rodovia na entrada de Bacabal, MA (Foto: Reprodução / TV Mirante)



Do G1 MA ,com informações da TV Mirante

A cidade de Bacabal, a 240 km de São Luís, ainda não possui um aterro sanitário para despejar os resíduos sólidos. Quem chega ao município, logo vê os lixões que estão se formando às margens da BR-316.
Sem nenhuma fiscalização, parte do lixo doméstico e até de outros locais pode ser visto até em pontos turísticos da região do Médio Mearim. É o caso da Rua Armando Filho, situada no bairro Trizidela. No local, os moradores dividem espaço com outro lixão. Para a dona de casa, Maria de Fátima da Silva, que mora próximo do lixão, o pior é ter que conviver com o mau cheiro e as moscas.
“De noite, a gente só dorme porque tem o ventilador pra ficar ventilando, mas o odor é demais. A gente reclama, mas não dá conta. Quando eles não colocam de dia, eles colocam de noite”, desabafa.
Em Bacabal, o problema dos lixões não é apenas uma condição das periferias. Como a cidade não possui um centro de reciclagem e a coleta de lixo não é realizada sempre, os entulhos vão parar nas ruas (veja a reportagem completa no vídeo).