PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

SUSPEITOS DE APLICAR GOLPE DO “ENEM” SÃO AUTUADOS POR ESTELIONATO EM BACABAL E LIBERADOS APÓS PAGAR FIANÇA

Compartilhar no WhatsApp




Na manhã desta segunda feira (26), Alexandre Antônio da Silva, de 38 anos, e Nelson Sousa Silva, de 39, foram detidos após tentar enganar uma menor de 16 anos afirmando na sua própria residência, localizada na Rua 28 de Julho, no centro de Bacabal.  


Os dois dizem residem na cidade de Caxias do Maranhão, Alexandre Antônio da Silva, de 38 anos, foi quem adentrou a casa da menor com a conversa de que a mesma tinha ganhado uma bolsa de estudo em uma faculdade, e que a mesma lhe dava direito a pagar apenas 50% da mensalidade, porque segundo Alexandre a outra metade ficaria a por conta do Governo Federal, mas para obter a bolsa, seria necessário ficar com o material de preparação para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) que ficaria pelo preço de R$ 470,00 (Quatrocentos e setenta reais) e suaves parcelas.


Só que os suspeitos não esperavam que o pai da jovem estivesse em casa. O pai da menor é o Cabo PM Edson, e estava no quarto dormindo quando acordou pela conversa que aconteceu na sala. Cabo Edson se levantou e se aproximou e começou a fazer algumas perguntas a Alexandre, já que o outro comparsa estava no interior do veículo.


Depois de várias conversas o suspeito alegou estaria a serviço do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). Edson não acreditou nas explicações do homem que se passava por vendedor de livros, e acionou uma guarnição da PM, mas os dois ainda conseguiram sair do local, só que a menor além de anotar a placa do veículo, ainda gravou parte da conversar de Alexandre.


Os estavam em um Fiat Palio, cor cinza, de placas NHV 8423, Caxias-MA, veículos com o qual os dois se apresentaram pouco tempo depois no 15º BPM e no 1º DP, alegando que estariam sendo acusados injustamente por um policial. Já na delegacia os dois foram apresentados ao delegado do 1º DP, Luigi Conte, que nos repassou que já tinham sido registradas mais de 7 queixas de vítimas dos vendedores.
  

Alexandre Antônio disse para nossa reportagem que é natural de Teresina-PI e já reside há mais de 2 anos em Caxias, disse ainda que na cidade de Caxias tem uma empresa registrada, e que há 16 anos trabalha com venda de livros.


O delegado Luigi Conte, disse a nossa equipe que foram lavrados autos de prisão em flagrante por crime de estelionato, em contra Alexandre Antônio da Silva, de 38 anos, vendedor de livros, e o motorista Nelson Sousa Silva, de 39.
Os dois já foram postos em liberdade, após pagarem fiança no valor de um salário mínimo para ambos.


O delegado esclareceu que foi constatado que o material didático vendido pelos dois em Bacabal, foi entregue aos clientes, e que as investigações iram continuar, para esclarecer as circunstâncias que levavam as vítimas a realizarem a compra, Luigi Conte que descobrir também se a dupla se apresentavam como funcionários do Inep.

Em tempo...

Se outras pessoas se sentiram lesadas pelos vendedores, que se dirijam a delegacia para registrarem um boletim de ocorrência.


O responsável pela distribuidora dos livros, que está sediada em Caxias no maranhão, entrou em contato com a delegacia e se comprometeu a aceitar a devolução do material didático e a devolver o dinheiro já pago aos clientes que se sentirem prejudicados.