PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

segunda-feira, 11 de maio de 2015

ASSISTA AO VÍDEO: APÓS DISCUSSÃO JOVEM É ASSASSINADO EM FESTA DO DIA DAS MÃES NO POVOADO PIRATININGA.

Compartilhar no WhatsApp


Quem viu de perto à discussão entre vítima e acusado, afirma que o crime aconteceu por volta de oito e quarenta da noite do último domingo, 10 de maio, Dia das Mães. Segundo a mãe da vitima, a morte de Joel da Conceição foi um crime anunciado, e tudo isso por conta de um suposto triângulo amoroso que envolvia vítima e uma mulher conhecida pelo nome de “Camila”, que é companheira do acusado. Mas, que supostamente tinha um caso com Joel.


Na noite do último domingo “10", a comunidade Piratininga, organizou uma festa, onde seriam homenageadas as mães do povoado. O que ninguém sabia, é que o local montado para trazer alegria e diversão, acaba-se sendo palco de uma tragédia.


Segundo o que foi dito por testemunhas, à morte de Joel, teria sido arquitetada e motivada por Camila, já que ela teria dito a neguinho, que a vítima estaria lhe assediando, o que provocou a ira do assassino, que antes de atirar ainda chegou a discutir com à vitima.
Ainda de acordo com testemunhas, "Neguinho" atirou uma única vez, o suficiente para matar seu desafeto que também atendia pela alcunha de "Satan". Joel da Conceição até foi levado por populares ao Pronto Socorro de Bacabal, mas segundo eles, Satan já chegou sem vida.



Populares disseram que após atirar em Joel, neguinho acabou fugindo em uma moto pop que era pilotada por um suposto comparsa que não foi identificado, na fuga, Camila também acompanhou a dupla, todos fugiram na mesma moto.


A policia militar esteve no povoado Piratininga, local onde aconteceu o crime, mas o que foi repassado aos PM’s foi a autoria do disparo e o local onde provavelmente o casal Neguinho e Camila estariam escondidos.

Assista a reportagem produzida por Nando Sousa e Alselmo Sousa.