PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

HOMEM FALA SOBRE O ESPANCAMENTO SOFRIDO NO BAIRRO TRIZIDELA, EM BACABAL.

Compartilhar no WhatsApp

                       

A vítima que pediu para não ser identificada, disse que, na noite do último sábado (27) após um dia inteiro de trabalho, decidiu se divertir um pouco. A intenção dele era tirar o estresse de uma semana de serviço pesado e, assim ele fez.

Com pouco dinheiro no bolso a vítima procurou um local para tomar umas cervejas, até ai tudo bem. O problema é que na volta para casa o ajudante de pedreiro acabou abordado por um indivíduo que ele disse não saber quem é, a partir dai, começaram os xingamentos, descambando depois para socos e pontapés. Bastante machucado, o servente ainda teve o celular tomado pelo algoz. Socorrido por populares a vítima que mora na Rua dos prazeres (Mufumbo) do bairro Trizidela, procurou a polícia, que ainda fez buscas no local e nas áreas próximas onde ocorreu o espancamento, mas o agressor não foi encontrado.



O caso foi registrado na manhã do último domingo (28), na delegacia do 1º Distrito Policial de Bacabal como roubo, pois a Polícia civil acredita que a violência praticada surgiu para que o ladrão "Espancador" pudesse ter a posse tranquila do bem tomado de assalto.