sábado, 30 de maio de 2020

MORRE O EX-PREFEITO DE LAGO DA PEDRA (MA) LUÍS OSMANI DE COVID-19


CULTURAL FM 87,9

O ex-prefeito de Lago da Pedra (MA), Luiz Osmani, de 68 anos, morreu na tarde desta quinta-feira (29) em decorrência do Covid-19. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital UDI de São Luís (MA) desde o início do mês. A informação foi divulgada pela família de Osmani, uma das figuras mais emblemáticas da política do interior do Maranhão.

 

“Tarde de céu fechado, chuvoso... escrevo isso sentado no chão do hospital, vivendo o pior dia da minha vida. Sem saber o que fazer, desmoronado, sem rumo a seguir. Sentindo um medo e uma falta irreparável. Nunca mais vou sentir o abraço, o cheiro, o apoio, o sorriso do meu melhor e verdadeiro amigo. O meu pai herói... como dói, dói muito!!”, lamentou o filho Hilário Neto.

 

Natural da cidade de Independência, no Ceará, Luiz Osmani Pimentel Macedo, que também já foi deputado estadual, tem uma longa trajetória política em Lago da Pedra (MA), tendo se firmado como a principal oposição à família Waldir Jorge desde o final dos anos de 1980. Ele foi prefeito de Lago da Pedra por duas ocasiões: de 1993 a 1996 e de 2005 a 2008.

 

“Osmani foi uma peça fundamental na estruturação política de Lago da Pedra, foi eleito pela primeira vez [em 1992] em um momento em que o Brasil estava reaprendendo a ir às urnas após um período longo de redemocratização. Segundo prefeito em nossa cidade após o fim da Ditadura Militar”, lembrou o professor e empresário Erisvan de Paula.

 

“Luiz Osmani foi um dos mais importantes políticos e homem público de Lago da Pedra; deixou seu legado de enormes conquistas como empresário, ex-deputado e, por duas vezes, como prefeito de nossa cidade. Um cearense que adotou Lago da Pedra como sua cidade do coração e será sempre lembrado por todos os lagopedrenses”, disse o ex-vereador Pablo Sales.


"Seu [primeiro] mandato ficou reconhecido pela perfuração de alguns poços artesianos na zona rural e a eliminação da cobrança dos impostos sobre os produtos que entravam na cidade, além da construção de lavanderias na sede [do município] e na zona rural", lembra o escritor João Gomes no livro "Lago da Pedra: setenta anos de história".


"Durante o seu segundo mandato, [Osmani] ficou conhecido como 'Luiz do Asfalto', visto que suas obras marcantes foram a reforma, ampliação e climatização do Hospital Professor Serra de Castro, a pavimentação asfáltica do bairro Planalto e a construção da Avenida Raimundo da Silva Barros", destaca o escritor.



Repercussão


Nas redes socias, eleitores, autoridades e amigos lamentaram a morte do ex-prefeito. A também ex-prefeita de Lago da Pedra e adversária política de Osmani registou no Twitter a morte de Osmani. “Registro o meu pesar pelo falecimento do ex-prefeito de Lago da Pedra, Luís Osmani, vítima da Covid-19. Que Deus conforte os familiares”, disse.  

 

“Hoje é um dia muito triste pra todos nós Lagopedrenses. Perdemos um grande líder, Luís Osmani, que escolheu Lago da Pedra pra amar e ajudar a desenvolver, mais uma vítima do Covid. Rogo a Deus que ampare seus familiares e dê força pra superar esse momento de dor”, disse no Facebbok Mauro Jorge, aliado político de Osmani.

 

“Venho registrar publicamente meu pesar pelo falecimento do ex-prefeito de Lago da Pedra e grande líder, Luís Osmani, vítima de Covid-19. Neste momento de dor me despeço com muita emoção e presto meus sinceros sentimentos aos familiares, ratificando o voto de pesar pela grande perda, e pessoalmente agradeço pela sua dedicação e trabalho prestado ao município”, disse em nota o vereador Julyfran Catingueiro.

 

A família informou que o sepultamento do corpo do ex-prefeito será em Lago da Pedra nos próximos dias. Por causa das restrições impostas pela pandemia, velórios estão proibidos em todo o país.