segunda-feira, 17 de janeiro de 2022

ACUSADO DE PRATICAR VÁRIOS ASSALTOS EM BACABAL, É PRESO POR POLICIAIS DO 15º BPM.


A Polícia Militar do Maranhão, através de policiais do 15º BPM de Bacabal, tirou de circulação um elemento de alta periculosidade que vinha causando transtornos aos comerciantes da cidade de Bacabal, tanto como roubo, assaltos e furtos.

 

José Huamington Palhano da Silva, 28 anos, vulgo “Meirek” foi preso na tarde desta segunda-feira, (17), por volta das 14h30min, por uma guarnição da Força Tática, comandada pelo Capitão Marcone, com apoio do Tenente Alan e Tenente Marcelo.

Contra ele existe um mandado de prisão. “Meirek” foi preso após um cerco realizado pelos policiais em sua residência na Rua 03, bairro Vila da Paz, Bacabal/MA.

 

O elemento não teve como esboçar qualquer tipo de reação. Também não foi realizado nenhum disparo de arma de fogo devido à ação rápida e bem articulada dos PM’s.

 



No local foram encontrados; 02 (dois) cordões de cor dourada; 01 (uma) pulseira de cor dourada; 01 (um) relógio de cor dourada; 01 (um) relógio de cor vermelha; 16 (dezesseis) peças de roupa; 01 (um) boné vermelho; frutos possivelmente das práticas delituosas do preso.

Também foi apreendida 01 (uma) motocicleta Honda/Pop preta chassi: 9C2HB0210CR407268.


Em tempo

No último sábado (8), por volta das 12h58min um elemento identificado como “Meirek” praticou um assalto a uma loja de venda celulares e acessórios no Mercado da Rodoviária, em Bacabal.

 

O bandido de arma em punho, anunciou o assalto e ameaçou as funcionárias do estabelecimento comercial de morte. Uma delas passou mal devido à gravidez, após o assalto foi levado ao hospital com sangramento.

 

Além de celulares, o assaltante levou cerca de R$ 600,00 (Seiscentos reais) em dinheiro como mostra as imagens gravadas pelo circuito de câmeras do local.

 

José Huamington Palhano da Silva, foi apresentado na 16ª Delegacia Regional de Polícia Civil, sem lesões corporais, em cumprimento a mandado de prisão nº 0803767-53.2021.8.10.0024.01.0004-01 em seu desfavor.

 

A polícia e a população esperam que o preso fique bastante tempo recolhido no presídio de Piratininga, longe do convívio da sociedade.