,

,
VENHA DESFRUTAR DO QUE HÁ DE MELHOR EM LAZER DA SUA REGIÃO.

.

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

CADEIRANTE QUE ESCONDIA PEDRAS DE CRACK DENTRO DE COLCHÃO FOI AUTUADO POR TRÁFICO




O cadeirante José de Sousa morador do bairro da areia foi flagrado por homens da polícia militar no momento em que despachava pedras de crack a um moto taxista identificado pela alcunha de "Lourão".

Ao ser indagado por policiais militares que faziam patrulhamento naquele referido bairro o moto taxista disse ter comprado à droga que foi encontrada com ele na mão de José de Sousa.






De posse dessa informação os PMS do esquadrão Águia da polícia militar, pediram autorização ao cadeirante para que pudessem fazer uma revista em sua casa, com a autorização concedida os militares revistaram vários cômodos da casa até chegar ao colchão de José de Sousa, e nele trinta pedras de crack prontas para venda foram encontrados, além da droga R$ 272,00 (Duzentos e setenta e dois reais), e dois aparelhos celulares, que também estavam na residência do cadeirante, que juntamente com o moto taxista comprador da droga foi encaminhado à delegacia do 1º distrito.


Na delegacia os policiais que estouraram a boca de fumo de José de Sousa, disseram que o mesmo chegou a afirmar ser dono do material entorpecente. Versão essa que foi confirmada perante o delegado Luigi Conte, que autuou José de Sousa por tráfico de drogas. Já o moto-taxista que comprou à droga na mão de José foi liberado.

José de Sousa encontra-se encarcerado em uma cela da delegacia do primeiro distrito policial, e mesmo sendo cadeirante deve ser levado à uma unidade prisional do estado, podendo até ser o presídio de Pedrinhas, mas isso vai depender do entendimento da justiça.

Jose de Sousa perdeu os movimentos das pernas por conta de um tiro que levou em uma confusão no Club de reggae.


Assista a matéria produzida pelo repórter e apresentador Nando Sousa e Ray Lima.

DELEGADO LUIGI CONTE FALA DOS PROCEDIMENTO A DESFAVOR DO CADEIRANTE QUE FOI PRESO NO BAIRRO DA AREIA