.

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

AMPLIADO O PRAZO PARA A REALIZAÇÃO DAS CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS DE JUVENTUDE




A ampliação do prazo foi deliberada através da Resolução 002/2015, da Comissão Organizadora Estadual (COE). Como instância deliberativa com vistas a organizar, implementar e desenvolver todas as atividades inerentes à 3ª Conferência, a COE é composta de 20 membros (titular e seu respectivo suplente), sendo 10 representantes do poder público e 10 representantes da sociedade civil.

O tema geral da 3ª Conferência será “As várias formas de mudar o Maranhão e o Brasil”. Coordenada pela Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop) e pela Secretaria de Estado Extraordinária de Juventude (Seejuv), a 3ª ConfJuv/MA reforça o compromisso do governo Flávio Dino em possibilitar a participação das juventudes na tarefa de pensar, debater e elaborar propostas de políticas públicas para o setor, fortalecendo o protagonismo juvenil no estado.

Ampliação do prazo
De acordo com a Resolução 002/2015 da COE, o calendário com os prazos para convocação e realização das etapas municipais, foi alterado devido à necessidade dos municípios de terem prazos maiores para a realização das etapas municipais da 3ª Conferência Estadual de Juventude do Maranhão.
Com a ampliação do prazo para realização da etapa municipal, a 3ª Conferência Estadual de Juventude também teve a data de realização alterada. O evento que seria realizado de 29 a 31 de outubro foi adiado para os dias 13, 14e 15 de novembro de 2015 em São Luís-MA.
De acordo com a Resolução 002/2015, a mudança no prazo não altera as normativas previstas em nível nacional e estadual, estabelecidas nos artigos 24 a 28 do Regimento Nacional da 3ª Conferência Nacional de Juventude e na Resolução 001/2015 da COE de 24 de agosto de 2015.

Mais de 50 municípios já realizaram conferências municipais de juventude, convocadas pelo Poder Público e/ou pela Sociedade Civil, no Maranhão, e pelo menos mais 30 municípios devem promover a atividade até o fim do prazo. Somando o número de conferências já realizadas com as já certas para ocorrer, o resultado indicará que o debate sobre as políticas públicas de juventude, será feito em mais de 40% dos municípios maranhenses.

Além da eleição de propostas prioritárias em todos os eixos das políticas públicas, as conferências municipais também elegerão os delegados/as para participar da etapa estadual.

A secretária Tatiana Pereira destacou a participação ativa dos jovens de cada município que realizaram conferência municipal no Maranhão. “As conferências municipais têm possibilitado que os jovens contribuam de forma ampla com debates propositivos, sobre as políticas públicas de juventude em todo o território maranhense e ampliado a diversidade desse debate, com as vozes de várias juventudes. O Governo do Estado tem participado ativamente nesse processo, auxiliando os gestores e movimentos a realizarem as etapas municipais, que tem também caráter preparatório para a 3ª Conferência Estadual de Juventude, que será um marco pra construção dos planos de políticas públicas de juventude no Maranhão”, ressaltou