,

,
VENHA DESFRUTAR DO QUE HÁ DE MELHOR EM LAZER DA SUA REGIÃO.

.

quarta-feira, 13 de abril de 2016

POLÍCIA CIVIL PRENDE MEMBROS DE QUADRILHA INTERESTADUAL E APREENDE 03 FUZIS, PISTOLAS, 10 KG DE MACONHA E 850 MUNIÇÕES


20160412174020 (1)

A Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC) prendeu, no final da manhã desta segunda-feira, dois suspeitos ligados a uma quadrilha interestadual envolvida em assaltos e arrombamento a caixas eletrônicos em municípios maranhenses. Os criminosos foram apresentados à imprensa na sede da Seic, oportunidade em que o superintendente Thiago Bardal informou que a quadrilha já teria realizado quatro assaltos a agências bancárias, ocorridos nos municípios de Santa Luzia, Buriticupu, Amarante do Maranhão e Grajaú. Os assaltos praticados pela quadrilha iniciaram desde o mês de novembro de 2015. Na semana passada, a quadrilha teria participado do arrombamento de uma outra agência bancária no município de Buriticupu.
O Superintendente da Seic Thiago Bardal disse que “Os dois suspeitos foram identificados por Antunimilson dos Santos Pereira, 30 anos, natural de Barra do Corda e que seria foragido do Tocantins e Ricardo de Alves Melo Junior, 30 anos, natural de Jandaia-GO. “Eles serão investigados, no sentido que possamos identificar e prender o restante da quadrilha”, concluiu o superintendente.
 Material apreendido pela polícia20160412174019
Durante a abordagem realizada pela Seic, foram apreendidos com os dois envolvidos, três fuzis, 850 munições de diversos calibres, duas pistolas, um revólver calibre 38, uma quantia em dinheiro, 03 rádios de comunicação, apetrechos utilizados em explosões de caixas eletrônicos e, ainda, 10 quilos de maconha prensada.
A Delegada Geral Adjunta Adriana Amarante afirmou que “A Seic realizou uma investigação significativa e de muita importância, A quadrilha realizou o último roubo em Santa Luzia, sendo que a Seic identificou dois deles em Imperatriz, de onde partiu toda uma investigação que resultou na prisão da dupla. Com eles foi encontrado todo o material apresentado aqui na Seic, armas, dinheiro, capuz, rádios de comunicação, roupas camufladas, o que evidencia a participação deles na ação criminosa. Eles já foram indiciados, mas as investigações continuarão para a identificação dos demais membros da quadrilha”, finalizou a Delegada Geral Adjunta Adriana Amarante.
Mauro Wagner – Ascom SSP