,

,
VENHA DESFRUTAR DO QUE HÁ DE MELHOR EM LAZER DA SUA REGIÃO.

.

quarta-feira, 6 de abril de 2016

SÃO MATEUS DO MA: POLICIA MILITAR FAZ A CONDUÇÃO DE TRÊS PESSOAS DE BACABAL SUSPEITAS DE ESTELIONATO




Na noite de terça-feira, (6), por volta das 18 horas, o Serviço de Inteligência da Policia Militar do 15º Batalhão de Bacabal, recebeu informações de que 3 pessoas todas da cidade de Bacabal, suspeitas de Estelionato vinham de nossa capital São Luís, em um carro modelo Ford/Car, de com vermelha, placa PSF 2908-Bacabal.

De imediato o Serviço de Inteligência acionou os polícias da 2º CIA de Polícia da cidade de São Mateus, para realizassem uma barreira para que o veículo fosse interceptado. Uma guarnição do 15º BPM se dirigiu a cidade de São Mateus para dá apoio aos PM’s daquela cidade.



Por volta das 18 horas, a operação teve êxito e culminou com a apreensão do veículo, como também foi encontrado 4 identidades falsas , cantões bancários, e aproximadamente R$ 1.000,00 (Mil reais) em cédulas.

O veiculo era conduzido Fábio Marques Sousa, 28 anos,que segundo a polícia seria o mentor da quadrilha de estelionatário.


Também foi conduzida uma mulher que foi encontrada com duas identidades falsas com o nome de Maria Silva Batista e Maria Rosaria de Fátima Babosa, mas que o verdadeiro nome dela seria Ana Lúcia Gomes Pereira, moradora do bairro Trizidela.

Foi conduzido um homem com uma identidade em nome de Valdivino da Silva, 24 anos.


Dentro do carro foi encontrada uma identidade com o nome de Maria do Socorro Sousa, que segundo a PM também faz parte do quarteto, mas que não foi conduzida, porque segundo informações vinha em outro veículo.

Junto com o documentos apreendidos também foi encontrado um extrato bancário de deposito que consta que Fábio Marques depositou a quantia de R$ 11.000,00 (Onze mil reais) na  conta bancária de homem identificado como Paulo Henrique Vidal de Sousa.

Todos juntamente com os documentos e dinheiro foram apresentados na delegacia de polícia civil de Bacabal, para que fossem tomadas as devidas providências que o caso requer.