sexta-feira, 20 de julho de 2018

PM PRENDE CASAL COM APROXIMADAMENTE 50 CABEÇAS DE CRACK PRÓXIMO AO TERMINAL RODOVIÁRIO DE BACABAL.

Compartilhar no WhatsApp


Aproximadamente 50 cabeças de uma substância aparentado ser crack foram encontradas com um casal nas mediações do terminal Rodoviário de Bacabal. Eles já viam sendo monitorados já que várias denuncias davam conta de que os conduzidos comandavam o tráfico de drogas na área.

A duas semanas atrás uma equipe da Força Tática comandada pelo Tenente N. Sousa vez incursões durante a noite na área do mercado da Rodoviária, no intuito de prender alguns traficantes que agiam nas imediações, mas sem sucesso.

Na noite de quarta-feira (18), a guarnição do tenente Soldado Quixaba, Udison e Campos, retornou ao local e fez uma nova batida, também sem êxito. Sem se desestimular, horas depois foi realizada outra incursão, desta vez obtendo sucesso e prendendo Edvan Alves e Valmira Lopes de Sousa a “Mika”.

Quando o casal do tráfico avistou os policiais, se dividiram, mas os policiais foram mais rápidos, prenderam Edvan e logo em seguida fizeram a prisão de Valmira a “Mika” que já tem passagem pela policia por essa mesma prática.

Segundo a polícia, Valmira Lopes de Sousa a “Mika” é considerada a chefe da boca que é conhecida como “Boca da Mika”, a que mais vende drogas próximo da Rodoviária.

Edvan Alves mora maritalmente com “Mika” a bastante tempo e vendia a droga junto com ela no momento da prisão.
A droga estava dividida entre os dois, sendo que “MiKa” ficava acompanhando a venda dele.

 “Para nós é de grande satisfação tirar de circulação essa quantidade de drogas e prender pessoas como essas que tão mal fazem a juventude, as pessoas, as famílias de bem de nossa sociedade”, disse o Tenente.

Na delegacia “Mika” negou a acusação e disse que a droga foi encontrada propino a ela, mas os PM’s relataram que parte da droga foi encontrada com a conduzida.

Já seu esposo “Comparsa” confirmou que a droga era dele e depois negou.

Todo material entorpecente apreendido, a quantia de aproximadamente R$ 90,00 (Noventa reis) foram entregues na delegacia para que todas as medidas cabíveis fossem tomadas.

Reportagem Ray Lima da TV Difusora canal - 02