quarta-feira, 17 de outubro de 2018

HOSPITAL MATERNO INFANTIL ADERE À CAMPANHA OUTUBRO ROSA

Compartilhar no WhatsApp


Está acontecendo durante todo o dia de hoje, 17, mais uma ação voltada para o combate e prevenção do câncer de mama. Desta vez, a secretaria municipal de saúde escolheu o Hospital Materno Infantil, para o fortalecimento da campanha.

A ação, que contou a presença da secretaria de Assistência Social Ivaneide Brandão e com participação das funcionárias do hospital, acompanhantes dos pacientes e do público em geral, constou de orientações objetivas sobre a importância de saber identificar sinais e sintomas de risco, fazer o autoexame da mama, conhecer as políticas publicas para quem sofre desta doença e de testemunhos e histórias de superação de quem conseguiu vencer a doença.

É o caso da professora Vanderleia Araújo de 48 anos, que retratou a importância do apoio familiar e destacou que, tentar esconder a doença não ajuda em nada. “Diante de uma situação como a descoberta do câncer de mama que as pessoas procurem não esconder. Porque isso é uma coisa que pode acontecer com qualquer pessoa. O câncer não escolhe família, cor, situação financeira; o câncer acontece. Procure se conhecer a cada dia, se tocar, e procurar acima de tudo, não ter vergonha de falar e buscar orientação médica”.



Outro testemunho que emocionou os presentes foi o da aposentada Cleomar Cândido de 59 anos. Ela descobriu o tumor maligno em Julho 2015. Hoje ainda passando por etapas menos evasivas do tratamento, ela disse que sofreu muito quando recebeu a notícia, mas que é preciso “primeiro lugar muita fé em Deus; se você não tiver fé, você não chega a lugar nenhum. Eu passei por cirurgia, quatro sessões de quimioterapia e mais trinta sessões de radioterapia. O tratamento são cinco anos e graças a Deus já estou no terceiro e estou bem,” concluiu.

Além das orientações repassadas pela Dra. Maria Gorete Silva, acadêmicos do curso de Serviço Social da UNIP/FACAM, também realizaram ciclo de palestras e pesquisas acadêmicas. “Como instituição um dos nossos papeis é externar e servir a comunidade. É uma campanha de conscientização. A importância do autoexame das mamas, se por acaso acontecer, quais as políticas publicas que as assistem, e é isso que é importante,” disse Aline Mendes diretora UNIP/FACAM.

Sandra Oliveira que é Assistente Social do Hospital Materno Infantil, falou sobre o objetivo do projeto que foi intitulado “Outubro Rosa – Uma campanha para tocar fundo no peito”. “Este projeto foi criado com objetivo de esclarecer o que é o Outubro Rosa. Isso é uma forma de conscientizar essas mulheres para sinais e sintomas de um futuro câncer de mama e saber o que fazer quando isso ocorrer”, frisou.

A diretora do Hospital Materno Infantil Ivonilde Feitosa Pinto, reconhece a importância da campanha e principalmente deste publico para a realização da ação. “Quero agradecer a todos que participaram deste projeto. O Hospital Materno Infantil abriu as portas até porque aqui a gente trabalha com mulheres, aqui é uma família. Trabalhamos com prevenção, mas, aqui também assumimos o compromisso de que no próximo ano, o Hospital Materno Infantil esteja totalmente equipado para dá todo apoio a todas as mulheres que passarem por um problema desses.”