,

,
VENHA DESFRUTAR DO QUE HÁ DE MELHOR EM LAZER DA SUA REGIÃO.

.

domingo, 5 de abril de 2015

ARMADOS DE FUZIS AK 47 E 556, BANDIDOS RESGATAM QUATRO PRESOS EM PEDRINHAS



JÁ ESTAVA CERRADA? Cela de onde presos resgatados em Pedrinhas fugiram


Bandidos fortemente armados invadiram e crivaram de bala o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, por volta das 5h30min deste domingo (5), e resgataram quatro presos: Hilton Carlos Martins, John Lennon da Silva, John Carlos Campos Silva e Adeilto Alves Nunes.
Cela de onde presos resgatados em Pedrinhas fugiram





Munidos de fuzis AK 47, calibre 7.62 - o mesmo que era utilizado pelo terrorista Osama Bin Laden - e 
556 - o mesmo utilizado por soldados americanos, eles teriam estacionado em frente ao complexo em duas pickups e um Saveiro, e atiraram contra o presídio e a base da Polícia Militar do Maranhão.


Escada utilizada para o resgate dos presos foi abandonada no local
PEDRINHAS Escada utilizada para o resgate dos presos foi abandonada no local
Guarita do presídio foi cravada de balas de alto calibre
ARMAMENTO PESADO Guarita do presídio foi cravada de balas de grosso calibre

Durante o resgate dos presos, uma escada chegou a ser levada e utilizada pelos bandidos.

Ao passarem pelo posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), eles efetuaram vários disparos contra os policiais de plantão, atingindo um dos agentes no pé.

Na fuga, homens do Batalhão de Choque chegaram a trocar tiros com os bandidos. Uma S10 foi abandonada em Campo de Perizes após ser tomada de assalto uma L200.

Os bandidos teriam empreendido fuga no sentido de Rosário.


Os quatro presos resgatados do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em ação cinematográfica por volta das 5h30min deste domingo (5), são integrantes da facção criminosa PCC – Primeiro Comando da Capital.
Bandidos utilizaram fuzis AK 47 e 556 no resgate dos presos
CENA DE GUERRA Bandidos utilizaram fuzis AK 47 e 556 no resgate dos presos

Munidos de fuzis AK 47, calibre 7.62 – o mesmo que era utilizado pelo terrorista Osama Bin Laden – e 556 – o mesmo utilizado por soldados americanos, bandidos teriam estacionado em frente ao complexo em duas pickups e uma Saveiro, e atiraram contra o presídio e a base da Polícia Militar do Maranhão.
Durante o resgate do presos, uma escada chegou a ser levada e utilizada pelos bandidos.
Na fuga, homens do Batalhão de Choque chegaram a trocar tiros com os bandidos. Uma S10 foi abandonada em Campo de Perizes após ser tomada de assalto uma L200.
Ao passarem pelo posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), eles efetuaram vários disparos contra os policiais de plantão, atingindo um dos agentes no pé.
Os resgatados são Hilton Carlos Martins, John Lennon da Silva, John Carlos Campos Silva e Adeilto Alves Nunes.
Um deles, John Lennon da Silva, conhecido no mundo do crime como “Cara de Cavalo”, já havia fugido de Pedrinhas, e voltou às grades no final de agosto do ano passado, após ser presos por policiais militares Rondônia. Ele possui uma extensa ficha criminal, participando de mais de 15 assaltos à agências bancárias em diferentes Estados, tendo um deles ocorrido em abril de 2014, quando em companhia de mais dois comparsas invadiu uma agência do Banco do Brasil no município de Passagem Franca, levando mais de R$ 200 mil.
Já John Carlos Campos Silva, conhecido como “Perninha”, é dos três recapturados dos 36 detentos que fugiram por um buraco feito por uma caçamba no muro do Centro de Detenção Provisória (CDP) do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em setembro do ano passado.
ATUAL7