PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

APÓS SE APRESENTAR E SER OUVIDO PELO DELEGADO VENDEDOR AMBULANTE ACUSADO DE ASSASSINAR HOMEM EM BAR, É LIBERADO .

Compartilhar no WhatsApp


Na ultima segunda feira (10), Jailson Araújo Silva de 22 anos, se apresentou ao delegado Luigi Conte, na delegacia de policia de Bacabal e, em depoimento confessou que teria tirado a vida Edivan Pinheiro, 39 anos, morador da Rua Paulo Campos, Bairro Almiro Paiva, na noite sexta feira do dia (31), no estabelecimento conhecido como Bar do Pinguim, que fica localizado às margens da BR 316 nesta cidade.


Segundo o delegado, no depoimento Jailson diz que Edivan teria quebrada a caixa de isopor, que ele vendia ovos de codorna na ocasião. Ele afirmou que Edivan teria pedido ovos de codorna e teria dito que alguns estavam podres, e que não pagaria. Jailson falou também que Edivan teria dado uma tapa no rosto dele, foi quando ele puxou uma faca e efetuou a as facadas na vítima.

Essa foi à versão contada por Jailson ao delegado e, repassada para nossa equipe. Após ser ouvido o mesmo foi liberado.

O blog conversou com a filha de Edivan e, ela relata que a versão de Jailson e mentirosa. Segundo ela o pai não comia quando estava bebendo e, que uma pessoa que estava no local viu quando Jailson chegou oferecendo os ovos de codorna a Edivan, e mesmo dizendo não queria ao vendedor, o acusado continuou insistindo e a vítima sempre dizia não. Segundo a filha, o vendedor efetuou as facadas no pai dela, pelas costas, e que em seguida, efetuo mais facadas.


Ela disse que algumas das testemunhas estão com medo de testemunhar o crime na delegacia.

A família está revoltada por conta da liberdade de Jailson.

Entenda o caso:

APÓS DESENTENDIMENTO VENDEDOR AMBULANTE MATA HOMEM A FACADA EM BAR