PUBLICIDADE

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

AMEAÇAS CONTRA MAGISTRADOS SERÃO APURADAS PELO DEPARTAMENTO DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO DA SEIC

Compartilhar no WhatsApp


O Secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, reuniu-se, na manhã desta segunda-feira (30), com o Presidente da Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA), o Juiz Ângelo Santos e o Diretor de Segurança Institucional do Tribunal de Justiça, Cristiano Sousa, para analisar a tratativa de investigações de crimes contra magistrados nos municípios e, em São Luís.
A AMMA solicitou, na última sexta-feira (27), junto a SSP, providências em decorrência de fatos que expõem os magistrados a riscos, em virtude de suas atividades jurídicas. Durante a reunião, ficou protocolado solicitando a criação de uma atribuição dentro da estrutura organizacional já existente nas dependências da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), de modo a, possibilitar a troca de informações com a Diretoria de Segurança Institucional do Tribunal de Justiça, e, principalmente a conclusão mais imediata de investigações e inquéritos em torno desses delitos.
O juiz Angelo Santos, destacou a interlocução da magistratura com a SSP, “E dando continuidade a essa boa interlocução, fizemos o pedido de uma atribuição específica para a investigação de crimes contra os magistrados, sendo inserida junto a SEIC, possibilitando uma apuração mais rápida dos crimes contra magistrados”, principalmente no inerior do Maranhão.
O secretario Jefferson Portela entendeu o anseio da classe e deferiu, de imediato, a solicitação; “A SSP atendendo a um pedido da AMMA, autorizou que as investigações sejam feitas pelo Departamento de Combate ao Crime Organizado (DDCO). Isso é bom pois especializa e concentra as averiguações, permitindo um monitoramento mais aprofundado. Além disso, vamos discutir questões gerais de segurança nos municípios com os juízes”, relatou.
Por: Carolina Gomes  – ASCOM/SSP