,

,
VENHA DESFRUTAR DO QUE HÁ DE MELHOR EM LAZER DA SUA REGIÃO.

.

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

ZÉ ALBERTO E A DESVALORIZAÇÃO DOS PROFESSORES DE BACABAL

Compartilhar no WhatsApp
O município de Bacabal no Maranhão tem sido um dos melhores da região do médio mearim no quesito educação, pois graças ao esforço dos professores e somente dosprofessores da redemunicipal o município tem alcançados bons índices de desenvolvimento. Mesmo diante a tanto esforço o respeito e a valorização desses profissionais por parte do gestor municipal e pela SEMED não vem acontecendo como deveria.
O prefeito de Bacabal, Zé Alberto (PMDB), vem obrigando os professores a ultrapassarem os 200 dias letivos que completou no mês de dezembro.
Embora as aulas iniciem em fevereiro, os educadores tem que trabalhar ate o dia 20 de janeiro seja dando expediente, seja em sala com 2,3,5 alunos, somente para não dar férias aos professores. Isso tudo porque é uma carga horária criada pela SEMED.
Zé Alberto não cumpri a lei do piso salarial pois o salário base do professor que era para ser de R$ 1,697,39 em Bacabal não passa dos R$ 900,00 reais. Uma vergonha!
A partir de fevereiro o salário base vai para R$ 1.917,78, um aumento de 13,01% dado pelo governo federal e mais dinheiro nos cofres públicos e os profissionais continuam sem receber seus salários conforme manda a lei.
Existe um processo na justiça para que essa lei seja cumprida em Bacabal. Ocorre, porém, a justiça no nosso pais e lenta e no Maranhão e mais lenta ainda.

Do blog Neto Ferreira