,

,
VENHA DESFRUTAR DO QUE HÁ DE MELHOR EM LAZER DA SUA REGIÃO.

.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

SENARC APRESENTA RESULTADO DE OPERAÇÕES REALIZADAS NA CAPITAL E INTERIOR DO ESTADO

Compartilhar no WhatsApp


IMG_1993

Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (SENARC) divulgou, na tarde desta quarta-feira (09), o desenrolar das duas operações realizadas na última segunda-feira (07), no município de Codó e na região metropolitana de São Luís.
Estiveram presentes na entrevista realizada no Auditório Leofredo Ramos, Vila Palmeira, o delegado geral da Polícia Civil, Augusto Barros; Carlos Alessandro Assis, superintendente da Senarc e os delegados Valdenor Viegas e Danilo Veras, diretores da Senarc capital e interior, respectivamente.
O superintendente Carlos Alessandro informou que na operação coordenada pelo delegado Danilo Veras, no município de Codó, foram presos Maxwell Oliveira Silva, de 25 anos e Eduardo Felipe Nunes Melo, 18 anos, quando transportavam no interior do porta malas do veículo modelo Corsa Classic vermelho de Placa NWX 9802,180 quilos de maconha. A droga seria usada para abastecer o comercio de drogas nas cidades de Itapecuru-Mirim, Coroatá, Vargem Grande e municípios vizinhos.
Já na ação deflagrada na capital maranhense pela Senarc, coordenada pelo Dr. Valdenor Viegas, foram presos, Renato Almeida Pestana,27 anos; Ivone Pereira dos Santos,30; Wesley Costa Oliveira,37 anos e Marcia Ana Chagas, de 35 – estes dois últimos naturais do estado do Mato Grosso. No primeiro momento da operação desenvolvida no bairro do Bequimão, as equipes da Senarc estavam de posse da informação de que os casais iriam fazer a troca de materiais no estacionamento de um estabelecimento comercial naquela localidade. No interior do veículo modelo S10 conduzido pelo casal Wesley Costa e Marcia Ana Chagas, foram encontrados 20 tabletes de crack, que seriam entregues a outro casal, identificados por Renato Almeida Pestana e Ivone Pereira dos Santos.
Em diligência feita na residência usada como depósito, no bairro Altos do Calhau, foram encontrados, ainda, 27 tabletes de crack. Na casa de Wesley Costa foi confiscado pela Polícia Civil a quantia de R$ 79.916 em espécie. A droga apreendida na capital era oriunda da Bolívia e considerada de ótima qualidade para o narcotráfico.
IMG_1986
O titular da Senarc, informou também que o material apreendido renderia ao comercio de entorpecentes a quantia de   um milhão e cem mil reais. “O nosso objetivo é atuar no combate ao narcotráfico em diversas modalidades, especialmente, no grande distribuidor. Temos como meta atingir, também, os pontos de venda de drogas, uma vez que esses pontos estimulam a violência local, como crimes de homicídio, roubos e furtos”, destacou Carlos Alessandro.
“A cada semana temos visto novas apreensões. Isso faz parte da filosofia da Polícia Civil. O nosso objetivo agora, é atuar nos trabalhos especializados através das superintendências especializadas em crimes de maior monta”, frisou  delegado geral Augusto Barros