.

sábado, 3 de dezembro de 2016

POLÍCIA CIVIL APREENDE MEIA TONELADA DE MACONHA AVALIADA EM 2 MILHÕES DE REAIS E PRENDE 04 ACUSADOS PELOS CRIMES DE ENTORPECENTES



A secretaria de Segurança Pública (SSP), apresentou na manhã deste sábado (03), por volta das 10hs, 04 pessoas envolvidas diretamente com o tráfico de entorpecentes. Na ação apreendida meia tonelada de maconha, um taxi e um adolescente infrator. Foram presos Luana Fernanda Soares, Walmir Reis Pinheiro, John Robert Aguiar da Silva, Evandro Rodrigues Fonseca Araújo, apreendido um adolescente infrator e encontrado com eles, meia tonelada de maconha prensada.
Em combate ao crime de entorpecentes na capital maranhense, a Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), após investigações e monitoramento prendeu no final da tarde desta sexta-feira (02), no bairro do Cohatrac, quatro pessoas envolvidas com o tráfico de entorpecentes. Dentre os envolvidos, foi preso um dos envolvidos, o qual se passava como taxista. Ele usava um veículo, Corsa Classic, de cor branca e placas na cor vermelha, de numeração NXF 2639, usado para fazer a distribuição da droga na capital.
Durante a coletiva apresentada na SSP, o secretário de segurança pública Jefferson Portela, ressaltou que “As investigações sobre a origem e o bando criminoso irão se intensificar no sentido que o restante da quadrilha e os demais entorpecentes sejam identificados e presos. A suspeita Luana Fernanda Soares já foi autuada pelo crime de roubo, mas fora liberada pela audiência de custódia, vindo agora a quebrar este benefício em detrimento pelo crime do tráfico de drogas, ao ser surpreendida com meia tonelada de entorpecentes”, ratificou o secretário.
A delegada geral adjunta Adriana Amarante ponderou que “Sociedade tome conhecimento do trabalho que está sendo feito pela Polícia Civil. Essas quadrilhas na maioria das vezes são especialistas na prática de diversos crimes, o tráfico de drogas, o roubo, o furto qualificado, como arrombamentos, explosões de caixas eletrônicos, a receptação; e outros, culminando no crime capital que é o homicídio. Quero aqui parabenizas a Seic, por esta importante prisão”, finalizou.
Quadrilha monitorada e presa com entorpecentes
O Superintendente Estadual de Investigações Criminais Tiago Bardal, disse que os envolvidos já estavam sendo monitorados a cerca de seis meses. O Departamento do Crime Organizado da Seic vinha realizando um monitoramento entre os suspeitos o qual culminou na prisão do bando, O superintendente disse ainda, que “A quadrilha alugou uma casa de luxo no bairro do Cohatrac 05, pagando aluguel de três meses adiantados. Os policiais descobriram que eles teriam recebido um carregamento, de cerca de meia tonelada de entorpecentes. Foram presos três homens e uma mulher, um adolescente apreendido e apreendida no quarto da residência, cerca de meia tonelada de maconha prensada.
Tiago Bardal considerou ainda, que um dos envolvidos identificado como Walmir Reis Pinheiro usava um taxi para despistar quaisquer suspeitas, pois ele de posse do taxi, realizada a distribuição da droga, juntamente com a sua comparsa, a Luana Fernanda Soares. O delegado ressaltou ainda, que fora apreendida ainda uma agenda, onde consta toda a contabilidade da quadrilha, o que iniciará a segunda fase da operação, que incide em parceria com a Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc), em descobrir e prender o restante da quadrilha.
Após os suspeitos serem ouvidos na Seic, eles foram autuados em flagrante delito pelo crime de tráfico de drogas e associação ao tráfico de drogas, onde responderão à Justiça pelos crimes praticados.
Por: Mauro Wagner – ASCOM/SSPMA